Conheça Will Hopoate: Estrela da liga de rugby e um dos principais oradores do RootsTech Connect

Nota do editor: Este é o primeiro de uma série de artigos, apresentando os principais oradores santos dos últimos dias da RootsTech Connect 2021.

Quando tinha 19 anos de idade, Will Hopoate virou notícia nacional na Austrália por ter rejeitado um contrato de $1,5 milhão de dólares com a liga de rugby, a fim de servir uma missão de dois anos para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. 

Após um ano na Liga Nacional de Rugby jogando para o Manly-Warringah Sea Eagles, Hopoate fez uma pausa em sua carreira para servir na Missão Austrália Brisbane de 2012 a 2013.

Antes de sua partida, em um vídeo [em inglês] “Eu sou Mórmon, Hopoate disse que cumprir uma missão era um sonho de infância e servir ao próximo foi uma maneira de expressar sua gratidão a Deus por seus talentos. 

Agora, dez anos mais tarde, a estrela do rugby — fullback para o Canterbury-Bankstown Bulldogs, marido e pai — tem a oportunidade de compartilhar uma mensagem no palco virtual central da RootsTech.  

“Sou quem sou hoje por causa da minha família”, disse ele em uma recente entrevista.  

Hopoate será um dos 13 principais oradores na RootsTech Connect entre os dias 25 e 27 de fevereiro. Nascido em New South Wales, Austrália, o jogador da liga de rugby e santo dos últimos dias é descendente de tonganeses. Ele e sua esposa, Jimicina Green, têm quatro filhos com menos de 4 anos de idade.  

“A missão tem sido uma verdadeira âncora espiritual para mim em minha vida, em termos de tornar-me mais convertido e continuar aprendendo sobre o evangelho”, disse Hopoate. Sua esposa também serviu uma missão, e juntos, estão se esforçando para incutir os princípios do evangelho em seu lar, acrescentou ele. 

O rugby de liga é um esporte brutal. É difícil. É físico. É mentalmente desafiador. Contudo, também oferece alguns paralelos com o evangelho.  

Assim como se prepara para um jogo, Hopoate disse que tem que se preparar para suas batalhas espirituais diárias. “É importante fazermos nossas sessões de treinamento espiritual, lendo, orando, servindo e ministrando… para que possamos estar espiritualmente forma, assim como termos energia espiritual para perseverarmos valorosamente até o fim.”

Ouvir seus treinadores foi a chave para o melhoramento, continuou Hopoate. “Da mesma forma, eu penso que, espiritualmente, o Senhor é o nosso treinador espiritual e, através de Seus profetas e líderes na Igreja, identifica a oposição e a batalha espiritual que todos nós travamos, que é contra o adversário. (…)

“Se dermos ouvidos aos seus conselhos e seguirmos o chamado ‘plano de jogo espiritual’, a vitória está garantida.

A carreira de dez anos na liga de rugby também proporcionou oportunidades para experiências missionárias contínuas. 

Por exemplo, um dia, quando Hopoate estava retornando de uma sessão de treinamento com um companheiro de time, eles passaram em frente de uma capela santo dos últimos dias local. Isso levou seu companheiro a lhe perguntar sobre suas crenças.

Enquanto respondia suas perguntas, Hopoate disse que o companheiro ficou mais intrigado e queria saber por que existem tantas igrejas diferentes — e o que torna a religião santo dos últimos dias especial.

Ao explicar sobre a Grande Apostasia, a formação de várias igrejas e como o Senhor restaurou Sua Igreja, “as coisas começaram a clicar na mente de seu colega”, disse ele. Hopate também explicou sobre profetas vivos, apóstolos e o papel do Livro de Mórmon.

“Não foi uma grande e profunda experiência espiritual, mas foi uma pequena e significativa conversa que teve um bom impacto espiritual em nós dois, o que é algo que não esquecerei”, disse Hopoate.

Inscreva-se no RootsTech Connect para assistir ao discurso de Hopoate.