Dois missionários morrem em colisão no Novo México; o terceiro está hospitalizado

Dois missionários de tempo integral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias servindo na Missão Novo México Farmington, morreram em uma colisão frontal na quinta-feira, dia 22 de julho de 2021.

De acordo com Sam Penrod, porta-voz da Igreja, élder Michael Austin Davis, de 20 anos, de Corinne, Utah, e élder Tyson Gene Haycock, também com 20 anos, de Miles City, Montana, ambos faleceram como resultado dos ferimentos sofridos no acidente.

Um terceiro missionário — élder Britton Jeremie Berrett, de 18 anos, de Roberts, Idaho, e que estava dirigindo o Toyota Tacoma em que os três estavam — teve ferimentos graves, mas sua condição é estável e está sendo tratado em um hospital de Albuquerque, Novo México.

O acidente ocorreu por volta das 16h32 no dia 22 de julho, de acordo com os relatórios policiais. A colisão está sendo investigada pelo Departamento de Polícia Navajo (Novo México) e pelo FBI, com o auxílio da Polícia Estadual do Novo México.

O motorista do outro veículo foi gravemente ferido e também levado para o hospital.

Élder Davis estava servindo desde agosto de 2019, enquanto o serviço missionário de élder Haycock havia começado no mês passado, junho de 2021. Élder Davis estava a poucas semanas de terminar seu chamado de dois anos, enquanto élder Haycok estava no campo por apenas algumas semanas.

“Nossas profundas condolências às famílias destes fiéis missionários, e expressamos nosso amor e condolências a todos aqueles que os amam”, disse Penrod. “Oramos para que suas famílias, amigos e os missionários que serviram com eles possam todos sentir o amor e a paz de Deus durante este difícil momento.”

Élder Tyson Gene Haycock.
Élder Tyson Gene Haycock. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Haycock adorava atividades ao ar livre — especialmente caçar e pescar — assim como ler e atletismo, disse o bispo Shawn T. Coffin, da ala Miles City, estaca Glendive Montana.

“Penso que uma das características mais marcantes dele era seu compromisso com sua família e o compromisso de sua família com ele — eles são muito unidos”, disse o bispo de élder Haycock, o mais velho dos três filhos de Dustin e Jessica Haycock. “Dustin disse esta manhã para sua família — ‘Precisamos realmente nos unir e ser fortalecidos por esta experiência.’”

Tendo trabalhado e estudado na faculdade antes de começar seu serviço missionário, élder Haycock era mais velho do que a maioria dos missionários. “Ele sabia que iria se sentir um pouco fora do lugar”, disse o bispo, “mas ele se deu conta de que aquilo era o que o Senhor queria que ele fizesse.”

O bispo Coffin se lembrou de sua última interação com élder Haycock: “Ele estava sentado na cadeira em frente de onde estou sentado agora, muito nervoso sobre ir à missão. Mas olhando em meus olhos, ele disse: ‘Bispo, sei que é isto que o Senhor quer que eu faça e simplesmente vou fazê-lo.’

“Aquela convicção nos olhos daquele jovem élder — foi uma experiência muito comovente, e não havia dúvida que ele iria crescer e fazer aquilo que o Senhor havia pedido. Foi como se eu estivesse vendo uma conversão ocorrendo bem diante de meus olhos.”

Élder Michael Austin Davis.
Élder Michael Austin Davis. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Davis é o segundo mais novo dos sete filhos de Bryan e Kim Davis, membros da ala Corinne 1, estaca de Brigham City Oeste.

“Ele vem de uma família maravilhosa, e uma comunidade maravilhosa que está se erguendo para apoiá-los”, disse o bispo Alexander J. Gilmore, da ala Corinne 1.

O bispo descreveu élder Davis como um atleta que amava os esportes e uma grande variedade de atividades. “Ele é um excelente rapaz e é amado por todos, uma grande personalidade com bondade e empatia. Nunca conheci ninguém que não gostasse dele.”

“Ele estava simplesmente entusiasmado com a vida. Ele amava todos, ele amava a vida, ele amava a Igreja e o evangelho, e ele queria apenas compartilhá-lo.”