Museu de História da Igreja e Beehive House reabrem ao público após fechamento pela COVID-19

David e Meghan Hernandez, de Fort Worth, Texas, foram os primeiros convidados a entrar no Museu de História da Igreja quando as portas se abriram ao público às 9h desta segunda-feira, 2 de agosto.

Eles tentaram visitar o Museu de História da Igreja no verão passado enquanto visitavam Salt Lake City pela primeira vez, mas o museu foi fechado devido à pandemia. “Queríamos aprender mais sobre a religião. Estávamos curiosos”, disse David Hernandez.

A família Hernandez estava em Salt Lake City novamente neste fim de semana — desta vez com seu bebê de 4 meses, Jacob — e planejava partir às 5h da manhã para o Grand Canyon. Quando souberam que o museu estaria aberto, adiaram a partida.

“Vimos que estava abrindo hoje, então dissemos: ‘Vamos ficar mais um pouco’”, disse Meghan Hernandez. “Funcionou perfeitamente.”

David e Meghan Hernandez falaram com o Church News de dentro da exposição “The Heavens Are Opened” [Os céus estão abertos – site em inglês] logo após assistir ao filme da Primeira Visão na tela semicircular de 240 graus.

David e Meghan Hernandez, e seu filho de 4 meses, Jacob, de Ft. Worth, Texas, visitam o Museu de História da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, 2 de agosto de 2021. O museu foi reaberto ao público na segunda-feira após um longo fechamento, devido à COVID-19.
David e Meghan Hernandez, e seu filho de 4 meses, Jacob, de Ft. Worth, Texas, visitam o Museu de História da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, 2 de agosto de 2021. O museu foi reaberto ao público na segunda-feira após um longo fechamento, devido à COVID-19. Crédito: : Spenser Heaps, Deseret News

“O filme foi incrível”, disse Meghan Hernandez. “É muito interessante ver tudo.”

Quase 17 meses após o fechamento devido às restrições devido à pandemia em março de 2020, o Museu de História da Igreja agora está aberto de segunda a quinta das 9h às 21h, sexta-feira das 9h às 18h e sábado das 10h às 18h.

Alan Johnson, diretor do Museu de História da Igreja, disse: “Estamos muito entusiasmados por permitir que as pessoas voltem, se juntem a nós e se conectem com a história da Igreja, especialmente neste momento em que o templo está sendo reformado. Temos a exposição ‘Temples Dot the Earth’ [Os templos pontilham a Terra] para ajudá-las a entenderem sobre os templos e por que eles são importantes. Estamos muito animados por termos os funcionários de volta, estamos muito animados por ter o público de volta, estamos muito animados por voltar ao trabalho.”

As seguintes exposições estão disponíveis [em inglês]:

Uma exposição mostra um retrato de Joseph Smith no Museu de História da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, 2 de agosto de 2021. O museu foi reaberto ao público na segunda-feira após um longo fechamento, devido à COVID-19.
Uma exposição mostra um retrato de Joseph Smith no Museu de História da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, 2 de agosto de 2021. O museu foi reaberto ao público na segunda-feira após um longo fechamento, devido à COVID-19. Crédito: : Spenser Heaps, Deseret News

A única grande mudança durante o fechamento pela COVID-19 foi a transferência das “Trilhas Mórmons” do segundo andar para o nível inferior, disse Johnson. As peças do 12º Concurso Internacional de Arte estão chegando para a segunda rodada de análise e sendo alojadas no segundo andar. Essa exposição será aberta ao público na primavera de 2022.

Depois de abrir a sala de leitura com hora marcada apenas em 6 de julho, a Biblioteca de História da Igreja agora está totalmente aberta ao público. Para obter as informações mais recentes sobre horários de funcionamento, políticas de segurança e como agendar horários, consulte a página da biblioteca em Planeje sua visita [em inglês].

Beehive House

A Beehive House foi reaberta ao público hoje para visitas guiadas, disponíveis de segunda a sábado das 10h às 18h

Esta casa serviu como a principal residência de Brigham Young, de 1855 até sua morte em 1877. Nesta casa e no escritório adjacente, ele desempenhou suas funções como presidente da Igreja, governador territorial e superintendente dos assuntos indígenas.

“É muito emocionante poder ter as portas abertas novamente para que as pessoas possam entrar e aprender sobre Brigham Young e sua vida aqui, e o que ele fez pela Igreja, pela cidade e pelo estado de Utah”, disse Ray Halls, gerente de operações da Beehive House.

The Beehive House em Salt Lake City.
The Beehive House em Salt Lake City. Crédito: Kenneth Mays

Halls disse que os passeios agora são oferecidos a cada 15 minutos e podem ser agendados. Uma opção de reserva será adicionada ao site em um futuro próximo.

Zach Vayo, de Salt Lake City, fez uma das primeiras visitas guiadas à Beehive House na segunda-feira. Pouco depois de concluir o passeio, ele disse sobre Brigham Young: “Estou pensando em quantas diferentes funções ele trabalhava.”

“Foi realmente impressionante para mim ver quantas funções diferentes estão acontecendo neste espaço e ao mesmo tempo”, disse Vayo ao Church News. “Há o ofício religioso, bem ao lado do escritório do governo, ao lado do espaço da família. (…) Acho que a proximidade dessas coisas foi muito interessante para mim.”

Lisa Smith, funcionária da Beehive House e guia turística de Vayo, disse que sua experiência na Beehive House a fez lembrar dos sacrifícios dos primeiros santos e do que eles suportaram durante os primeiros anos no Vale do Lago Salgado.

“Sua tenacidade, persistência e fidelidade em seguir o profeta aqui e estabelecer o que podemos desfrutar — é muito impressionante”, disse ela.

Sobre aqueles que visitam a Beehive House, Smith disse: “Espero que partam com um sentimento sobre Brigham Young como um homem de família, e sobre este espaço ser um lar para uma família, bem como uma residência oficial, e que eles tenham um melhor senso de como ele era e como era sua família.”

As inaugurações para o Edifício da Sociedade de Socorro e a Lion House serão anunciadas em uma data futura. Para obter mais informações, visite templesquare.org [em inglês].