O salto de MyKayla Skinner para o pódio da medalha olímpica através de oração, persistência e propósito

Se Simone Biles é conhecida como a “ginásta G.O.A.T.” (Greatest Of All Time – Maior de todos os tempos), então talvez sua amiga e colega de equipe dos E.U.A. santo dos últimos dias, MyKayla Skinner, seja a “P.P.P” do esporte (Persistência, Propósito e Oração – Prayer em inglês).

Horas depois que Skinner saltou, literalmente para um local improvável no pódio da medalha olímpica em Tóquio, várias pessoas que a conhecem melhor — incluindo seu marido, Jonas Harmer, e seus pais, Kym e Cris Skinner — falaram com o Church News.

Exultantes, eles discutiram o desempenho da medalha de prata de MyKayla em 1º de agosto, na final do salto feminino, que imediatamente se tornou um destaque nos Jogos Olímpicos que ainda estão ocorrendo. Mas eles estavam igualmente entusiasmados em celebrar sua vida cheia de propósito. Sua busca persistente de sonhos e crenças. E sua conexão fervorosa com o Senhor e sua família, mantendo-a firme e resiliente.

“Estou muito, muito feliz por MyKayla agora”, disse Jonas Harmer, exausto, depois de passar a noite inteira assistindo à sua esposa competir do outro lado do mundo. “Provavelmente tenho 50 mensagens de texto não lidas no meu telefone — e sei que MyKayla deve ter pelo menos 500.”

Ver as imagens de sua filha, sorrindo e vestindo as cores de seu país com uma medalha olímpica no pescoço, parece “uma espécie de sonho”, admitiu Kym Skinner.

Mykayla Skinner, dos Estados Unidos, posa para uma foto com sua medalha de prata no salto após a final de ginástica artística de aparelhos nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020, domingo, 1º de agosto de 2021, em Tóquio, Japão.
Mykayla Skinner, dos Estados Unidos, posa para uma foto com sua medalha de prata no salto após a final de ginástica artística de aparelhos nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020, domingo, 1º de agosto de 2021, em Tóquio, Japão. Crédito: Ashley Landis, Associated Press

“Estou muito orgulhosa de MyKayla porque foi uma jornada tão longa e difícil, com muitas, muitas decepções ao longo do caminho”, disse ela. “MyKayla me inspira todos os dias; apenas sua tenacidade e o que ela faz. Acho que nos sentimos, como pais, muito abençoados por ter tido a oportunidade de tê-la como nossa filha.”

Poucos dias atrás, a carreira de ginástica competitiva de Skinner parecia ter terminado, depois de inicialmente não se classificar para as finais do evento. Mas uma vaga na competição de salto abriu depois que Biles desistiu de competir.

Skinner, de 24 anos, que certa vez disse ao Church News que provavelmente teria servido uma missão de tempo integral se não estivesse tão envolvida na ginástica de elite, aproveitou seu momento olímpico terminando em segundo lugar na competição de salto, atrás da brasileira Rebeca Andrade.

“Foi um de seus melhores dias”, disse Harmer. “Estou muito feliz com a forma como tudo deu certo.”

A difícil trajetória de Skinner até a glória olímpica um dia será um ótimo filme esportivo.

Quase uma década atrás, ela não conseguiu se classificar para as eliminatórias para as Olimpíadas de 2012. Em seguida, ela foi suplente da equipe olímpica dos EUA em 2016, no Rio. Ela estava tão perto das Olimpíadas, mas tão longe. Em 2020, ela lutou contra a COVID-19 e pneumonia, atrasando sua preparação para as Olimpíadas. E, finalmente, em Tóquio, onde “deixou a aposentadoria” para competir nas finais do salto em 1º de agosto, finalmente pendurando uma medalha de prata ao redor do pescoço.

Para se somar ao drama está a dor que Skinner experienciou durante seu maior momento atlético, a milhares de quilômetros de distância de sua família. Espectadores não são permitidos nas Olimpíadas de Tóquio por causa do medo causado pela pandemia, então teve que contar com a tecnologia para receber apoio à longa distância.

MyKayla Skinner, dos Estados Unidos, na competição final da ginástica artística feminina de salto durante os Jogos Olímpicos do Verão de 2020 no sábado, 31 de julho de 2021, em Tóquio, Japão.
MyKayla Skinner, dos Estados Unidos, na competição final da ginástica artística feminina de salto durante os Jogos Olímpicos do Verão de 2020 no sábado, 31 de julho de 2021, em Tóquio, Japão. Crédito: Ashley Landis, Associated Press

Mas ela orou, persistiu e se concentrou em seu propósito.

“Enquanto ela estava fora, simplemente conversava com ela e tentava encorajá-la”, disse Harmer. “Sempre fazemos nossas orações pelo telefone antes dela ir para a cama.”

Kym e Cris Skinner também invocaram a companhia do Senhor para mantê-los conectados à sua filha durante as Olimpíadas.

“Jejuamos, oramos e pedimos aos amigos e familiares que participassem, e sei que isso ajudou”, disse Kym Skinner. “E a qualquer momento antes de MyKayla competir, meu marido e eu sempre fazemos uma oração com ela.”

Durante as Olimpíadas, Cris Skinner continuou sua prática de enviar mensagens de texto com temas do evangelho para sua filha. “Eu envio pequenos incentivos para ter certeza de que ela continua com suas orações diárias (…) ela sempre me agradece por isso.”

Ele e seu genro, Jonas Harmer, também dão a MyKayla uma bênção do sacerdócio sempre que ela viaja para uma competição de ginástica. “Geralmente é uma bênção de saúde”, disse ele com uma risada, “porque seus músculos geralmente estão doloridos e ela está sofrendo.”

Harmer disse que o mantra “nunca desista” de sua esposa a definiu muito antes dela reivindicar uma medalha olímpica. Essa paciência e persistência, acrescentou ele, são uma extensão de seu testemunho e fé no evangelho. Isso permite que ela supere contratempos de competição, lesões, doenças e, sim, pessoas negativas nas mídias sociais.”

Seu enfoque e tenacidade — seu propósito e persistência — também a tornaram um exemplo para os jovens santos dos últimos dias e muitos outros.

“MyKayla sempre fez o que disse que faria. (…) Ela me ensinou que, mesmo que as probabilidades estejam contra você, você ainda pode fazer isso”, disse o marido.

McKayla recebeu sua bênção patriarcal quando completou 13 anos. Na última década, ela tem sido uma fonte confiável e abençoada de força emocional, orientação espiritual e propósito eterno durante os altos e baixos de sua carreira como ginasta.

Isso ajuda a mantê-la humilde e com os pés no chão.

“Essa bênção patriarcal”, disse sua mãe, Kym, “foi uma rocha em sua vida.”

Obviamente, a família de MyKayla está emocionada por ela voltar do Japão com uma medalha nas mãos. Mas eles também estão ansiosos para que o mundo conheça sua esposa, filha, irmã e amiga como mais do que simplesmente uma atleta de elite.

“MyKayla sempre foi doce e solidária com os outros (…) porque ela sabe o que é mais importante na vida”, disse Cris Skinner, antes de acrescentar: “Ela tem um coração de medalha de ouro.”

Objetivos maiores que a glória olímpica

A sogra de Skinner, Elayne Wells Harmer, fez uma festa durante a noite em sua casa em Utah para assistir à final do salto olímpico. Embora ainda esteja sentindo a adrenalina do dia, ela refletiu sobre a fé de MyKayla “no plano de Deus” que a mantém concentrada a objetivos maiores do que a glória olímpica.

O sucesso na ginástica, disse Wells Harmer, “não é o que define MyKayla. Ela sabe que tem uma missão: pode ser um exemplo para milhões de meninas em todo o mundo, santos dos últimos dias ou não. Ela coloca suas prioridades [do evangelho] em primeiro lugar.”

Elayne Wells Harmer é filha de Élder Robert E. Wells, Autoridade Geral emérita, e irmã da ex-Miss América Sharlene Wells. Ela sabe, em primeira mão, que ser um santo dos últimos dias aos olhos do público pode ser assustador — especialmente para uma jovem no clima frequentemente mordaz das mídias sociais de hoje.

Sharlene Wells, Miss América 1985.
Sharlene Wells, Miss América 1985. Crédito: Arquivos Deseret News

A ginasta olímpica de 2020 e Sharele Wells, vencedora do concurso Miss América em 1985, conversaram alguns dias antes da final do salto para falar sobre como administrar o sucesso, as decepções e as pressões da mídia.

“Sharlene sabia que as pessoas esperavam que ela fosse um bom exemplo e compartilhasse seu testemunho, e agora MyKayla fez isso sem esforço”, disse Wells Harmer. “Mesmo que MyKayla tenha um dia ruim, ela pode ser corajosa e ser um exemplo de graciosidade. Ela realmente confia no Pai Celestial para isso.”

“Mesmo quando MyKayla e Jonas não estão juntos, eles oram juntos. Ela confia na oração. ”

O sogro de Skinner, David Harmer, disse que Deus tem um plano para cada um de Seus filhos.

“Eu acredito que Seu plano para MyKayla era que ela fosse uma missionária através da ginástica. Ela tem uma sensação profundamente enraizada de que isso é [parte de] sua missão. Não é apenas um hobby para ela. Há uma motivação maior para essa busca.”

David Harmer acrescentou que há muito está impressionado com as características que definem sua nora. Esses valores essenciais que não podem ser alterados por seu sucesso olímpico e fama. “MyKayla é o oposto de uma ‘diva’. (…) Ela procura ajudar, servir e aprender sobre outras pessoas. Ela é boa em demonstrar gratidão.”

Simone Biles, dos Estados Unidos posa para uma foto com a companheira de equipe MyKayla Skinner, enquanto assistem as competições finais da ginástica artística masculina, durante os Jogos Olímpicos do Verão de 2020 na quarta-feira, 28 de julho de 2021, em Tóquio, Japão.
Simone Biles, dos Estados Unidos posa para uma foto com a companheira de equipe MyKayla Skinner, enquanto assistem as competições finais da ginástica artística masculina, durante os Jogos Olímpicos do Verão de 2020 na quarta-feira, 28 de julho de 2021, em Tóquio, Japão. Crédito: Ashley Landis, Associated Press

Um salto à frente

MyKayla Skinner chegou ao Japão há algumas semanas como uma ginasta universitária da América, uma esposa e uma influenciadora de mídia social. Sua hashtag é: #nevergiveup (nunca desista). Agora ela será para sempre uma medalhista olímpica.

Mas Tóquio promete ser apenas mais um capítulo em sua jovem história. Mais capítulos ainda serão escritos.

Em alguns dias, ela se reunirá com sua família no Arizona. Após um tempo para recuperação e descanso na Flórida com Jonas, ela fará uma viagem por todo o país com Biles e suas outras companheiras de equipe dos E.U.A., em uma turnê de exibição antes de retornar aos estudos na Universidade de Utah.

O jovem casal comprou recentemente uma casa em Utah e espera viver uma vida bastante rotineira de santos dos últimos dias. Mas os fãs não viram ainda o final de MyKayla Skinner Harmer.

“Planejamos manter nosso canal no YouTube ativo”, relatou Jonas Harmer, “e queremos fazer o American Ninja Warrior juntos.”