Depois de uma vida construída sobre o alicerce do Salvador, falece a irmã Jean S. Groberg, esposa de Élder John H. Groberg

Após uma vida de devoção humilde e altruísta à família e à Igreja, a irmã Jean Sabin Groberg, esposa de Élder John H. Groberg, morreu na sexta-feira, 9 de outubro de 2021, em Bountiful, Utah. Ela tinha 87 anos.

A irmã Groberg serviu ao lado do marido em muitas funções na Igreja, inclusive enquanto ele serviu como Setenta Autoridade Geral de 1976 a 2005. Os dois também serviram como presidente e diretora do Templo de Idaho Falls Idaho [em inglês] de 2005 a 2008.  

Muitas das experiências de vida do Élder e da irmã Groberg foram retratadas nos filmes da franquia “O Outro Lado do Céu”, apresentando partes de seu namoro, bem como seu chamado para servir como líderes de missão em Tonga na década de 1960, quando sua quinta filha tinha apenas 6 semanas de idade.

Quando questionada sobre a fidelidade do filme [em inglês] aos fatos reais, a irmã Groberg brincou que o filme foi “Hollywoodizado” porque Élder Groberg nunca foi um dançarino tão bom como retratado no filme.

Ela resumiu sua vida no Pacífico mais tarde, dizendo que era mais do que um capítulo, era todo o tema de suas vidas. “Não importa onde você esteja, as coisas que realmente contam podem ser desenvolvidas em qualquer lugar, seja ele bom ou humilde” (“Perennial Radiance: Jean Sabin Grobeg [em inglês],” Ensign, novembro de 1981).

Jean e Élder John H. Groberg.
Jean e Élder John H. Groberg.

Ela aprendeu sobre “as coisas que realmente contam” durante sua juventude em North Hollywood, Califórnia. Durante uma entrevista em 2019, a irmã Groberg expressou sua gratidão por ter nascido de bons pais, fiéis e trabalhadores. “Sou muito grata por esse início e pelo meu testemunho que cresceu, fortalecendo esse desejo de construir minha vida sobre o alicerce do Salvador.”

Depois do ensino médio, Jean estudou na Universidade Brigham Young, onde conheceu John Groberg, que também era calouro. Os dois tinham irmãs mais velhas na orquestra da escola que marcaram o primeiro encontro dos dois, e que acabou sendo um ótimo encontro. Élder Groberg escreveu em seu diário: “Esta é a garota com quem vou me casar algum dia.” 

Após a missão dele em Tonga e ela conseguir seu diploma de professora, eles se casaram no Templo de Los Angeles Califórnia cinco anos depois. O selador naquele dia disse a Jean que não se preocupasse em ficar esperando em casa enquanto seu marido estivesse servindo. “Eu queria que ele fosse ativo na Igreja e ele tem se mantido muito ocupado”, disse ela ao Church News quando Élder Groberg foi chamado para ser uma autoridade geral em 1976.

Além de seu período como autoridade geral, Élder Groberg também serviu como bispo, presidente de missão e representante regional, o que muitas vezes o afastava de sua família, que acabou crescendo com seus 11 filhos.

A respeito de seu serviço, a irmã Groberg disse com humildade: “Quando seu marido está dando tudo de si, isso não o separa de você, mesmo quando ele está longe. Realmente não separa você. Você é parte disso com ele” (Ensign, novembro de 1981).

Na época de seu chamado para ser autoridade geral, Élder Groberg descreveu sua esposa como uma mulher de “grande fé e um tremendo apoio.” 

Quase quatro décadas depois, ao contemplar seu casamento e uma família forte, realizada e em constante crescimento, Élder Groberg comentou: “Amo minha esposa, Jean, e minha família mais do que nunca.”

Em um podcast em 2019 [em inglês], a irmã Groberg falou em convidar seus netos e bisnetos para adicionarem a canção da Primária “Grandma and Grandpa’s Rock Garden” [Jardim de Pedras da Vovó e do Vovô]. Eles cantavam sobre o homem sábio que construiu sua casa sobre a rocha, e ela explicava sobre como eles seriam mais felizes se construíssem seu alicerce sobre a Rocha do Salvador Jesus Cristo. Em seguida, a criança escrevia seu nome em uma pedra e colocava na cestinha da vovó. “[Eu] oro para que sempre construam suas vidas na Rocha de nosso Salvador Jesus Cristo”, disse a irmã Groberg sobre sua posteridade. 

O funeral será realizado às 11h do sábado, 16 de outubro de 2021, na capela da Estaca Bountiful Utah Central, 640 South 750 East, Bountiful. O velório ocorrerá na sexta-feira à noite, das 18h às 20h, e das 9h30 às 10h30 da manhã antes do funeral no sábado. Um tradicional ‘A Po Tonganês será realizado das 18h às 20h na quinta-feira, 14 de outubro, na 1621 South 11th East em Salt Lake City. O enterro no cemitério da cidade de Bountiful será após o funeral no sábado. Para aqueles que desejam participar virtualmente, o serviço será transmitido ao vivo na página Russon Brothers Mortuary no Facebook.