Ashley Hatch, jogadora de futebol santo dos últimos dias, acrescenta título da NWSL a seu currículo

As moças da Ala Ashburn do estado da Virgínia têm outro motivo para comemorar. 

No sábado, dia 20 de novembro, sua consultora e amiga, Ashley Hatch, ajudou seu time, o Washington Spirit, a vencer o campeonato da Liga Nacional de Futebol Feminino (NWSL em inglês) com uma vitória de dois a um na prorrogação contra o Chicago Red Stars.

O jogo de sábado marcou o final de uma temporada inesquecível para a Hatch, natural do Arizona e ex-estrela da Universidade Brigham Young. 

Ela recebeu a Chuteira de Ouro de 2021 da NWSL depois de liderar a liga — uma das melhores do mundo — com 10 gols. Mais tarde, Hatch terminou em quarto lugar na votação para receber o título de Jogadora Mais Valiosa da Liga, e foi nomeada para o prêmio Best XI First Team de 2021. Ela também marcou o gol da vitória por um a zero nas quartas-de-final contra o North Carolina Courage, no dia 7 de novembro.

Dois dias depois, Hatch soube que tinha sido chamada para o acampamento de treinamento da Seleção Nacional Feminina dos E.U.A. A seleção nacional está se preparando para uma viagem à Austrália para participar de duas partidas no final deste mês.

Andi Sullivan do Washington Spirit, à direita, comemora com Ashley Hatch após marcar um gol de pênalti durante o segundo tempo da partida do Campeonato NWSL, contra o Chicago Red Stars no sábado, dia 20 de novembro de 2021, em Louisville, Kentucky. Hatch é santo dos últimos dias e ex-estrela da BYU.
Andi Sullivan do Washington Spirit, à direita, comemora com Ashley Hatch após marcar um gol de pênalti durante o segundo tempo da partida do Campeonato NWSL, contra o Chicago Red Stars no sábado, dia 20 de novembro de 2021, em Louisville, Kentucky. Hatch é santo dos últimos dias e ex-estrela da BYU. Crédito: Jeff Dean,Associated Press

O jogo de sábado, “foi o final perfeito para nossa temporada”, informou Hatch ao Church News. Foi o primeiro campeonato de liga para o Washington Spirit, após uma temporada conturbada com problemas com o coronavírus e mudanças de técnicos.

“Acho que eu não poderia ter escrito a história de nossa temporada melhor do que a maneira como tudo aconteceu”, disse Hatch. “Estou muito feliz por termos vencido a temporada, e não poderia estar mais orgulhosa dos membros de meu time e de nossa equipe de apoio, os quais nunca desistiram e acreditaram uns nos outros, fazendo com que tudo isso se tornasse possível.”

Após o feriado de Ação de Graças, Hatch voltará sua atenção para os deveres da seleção nacional. Ela não é uma estranha para o time que representa a bandeira dos Estados Unidos. Ela conquistou sua primeira participação com a seleção nacional em 2016 contra a Suíça, quando ainda jogava pela BYU. Ela também jogou contra o México em 2018.

Recentemente, Hatch conversou com o Church News sobre a rara oportunidade de representar seu país em competições internacionais. “O sonho de toda menina é causar um impacto na seleção nacional, então continuarei me preparando para todas as oportunidades”, disse ela.

Os fãs de futebol santos dos últimos dias presenciaram a destreza de Hatch em marcar gols durante seu tempo como jogadora da BYU, durante o qual ela recebeu o status de All-American e foi uma das finalistas do Hermann Trophy Award de 2016, um prêmio que reconhece a melhor jogadora do futebol universitário feminino.

Ela e seu marido, Jeff Van Buren, se casaram no Templo de Gilbert Arizona em 2019.