Uma visão geral dos eventos e marcos do FamilySearch em 2021

A importância da história da família para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ficou evidente em 2021, com dois eventos notáveis: uma conferência RootsTech totalmente virtual e gratuita e a conclusão de um projeto monumental de digitalização de microfilmes.

A conferência RootsTech Connect de três dias, realizada em fevereiro, atingiu o recorde de 1 milhão de participantes em todo o mundo, levando Steve Rockwood, CEO do FamilySearch, a declarar que o aprendizado on-line é uma nova prioridade central do FamilySearch e anunciar outro evento totalmente virtual em 2022.

Palestrantes do mundo todo participaram da RootsTech Connect, de 25 a 27 de fevereiro de 2021.
Palestrantes do mundo todo participaram da RootsTech Connect, de 25 a 27 de fevereiro de 2021. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Um esforço global para digitalizar a coleção de 2,4 milhões de rolos de microfilmes do FamilySearch foi concluído em setembro — um marco que levou 83 anos para ser alcançado. Mais de 200 países e principados, bem como mais de 100 idiomas, estão representados nos documentos digitalizados. 

O FamilySearch divulgou sua retrospectiva anual [em inglês] no dia 30 de dezembro, observando várias conquistas adicionais:

Nomes e imagens disponíveis para pesquisa totalizam 14,3 bilhões

Graças ao projeto de microfilmes e outras iniciativas de digitalização, o banco de dados do FamilySearch agora inclui mais de 14,3 bilhões de nomes e imagens de registros históricos que estão disponíveis para pesquisa — como nascimento, morte, casamento, censo, serviço militar e documentos de imigração — de todo o mundo. 

O FamilySearch também adicionou milhares de novos registros históricos que estão disponíveis para pesquisa em 2021. Entre as principais expansões se encontram coleções para países escandinavos (Noruega, Dinamarca, Suécia e Finlândia), Holanda, Espanha, países do Caribe e das ilhas do Pacífico, Reino Unido, Canadá, Estados Unidos, México, Uruguai, Venezuela, Peru e muitos outros.

CEO do FamilySearch, Steve Rockwood segura um celular como lembrete do aplicativo da Árvore Familiar enquanto fala durante RootsTech Londres no auditório do London ExCel na quinta, dia 24 de outubro, 2019.
CEO do FamilySearch, Steve Rockwood segura um celular como lembrete do aplicativo da Árvore Familiar enquanto fala durante RootsTech Londres no auditório do London ExCel na quinta, dia 24 de outubro, 2019. Crédito: Scott Taylor

A Árvore Familiar passa a incluir 1,3 bilhão de pessoas

Contribuidores em todo o mundo adicionaram informações sobre milhões de parentes falecidos à Árvore Familiar do FamilySearch em 2021 — perfazendo um total de 1,38 bilhão de pessoas que podem ser encontradas agora na maior árvore familiar colaborativa do mundo. 

Os usuários também adicionaram milhares de fontes às páginas pessoais de seus antepassados na Árvore Familiar, melhorando a precisão das informações. As fontes vieram de registros familiares pessoais, bem como dicas automatizadas geradas pelas crescentes coleções de registros históricos do FamilySearch. 

Visitas ao FamilySearch.org chegam a 200 milhões

À medida que o interesse global por conexões familiares pessoais continua a crescer, o FamilySearch.org recebeu mais de 200 milhões de visitas em 2021.

Para ajudar usuários novos e iniciantes a pesquisarem e encontrarem seus antepassados, o FamilySearch lançou recentemente três recursos novos ou atualizados: a nova Pesquisa para a Descoberta de Experiências, novas páginas de descoberta [artigo em inglês] e a página Pesquisar Registros Históricos aprimorada.

A nova Pesquisa para a Descoberta de Experiências fornece uma maneira de pesquisar rapidamente bancos de dados selecionados no FamilySearch — a árvore, os registros, as recordações e as informações de sobrenome — tudo ao mesmo tempo. É a primeira vez que o FamilySearch reúne várias experiências de pesquisa em um único recurso.

Um pai trabalha com história da família em seu computador, enquanto seus filhos observam o que ele está fazendo. O FamilySearch lançou recentemente três recursos novos ou atualizados para ajudar usuários novos e iniciantes.
Um pai trabalha com história da família em seu computador, enquanto seus filhos observam o que ele está fazendo. O FamilySearch lançou recentemente três recursos novos ou atualizados para ajudar usuários novos e iniciantes. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

As páginas de descoberta oferecem um resumo envolvente da vida da pessoa com uma variedade de informações, incluindo fotos, recordações, fontes, uma linha do tempo da família, eventos mundiais, pais e irmãos, o significado de seu nome e atividades para aprender sobre sua terra natal.  

Leia mais: 3 novos recursos do FamilySearch para ajudar usuários novos e iniciantes a pesquisarem e encontrarem seus antepassados

O FamilySearch atualizou sua página Pesquisar Registros Históricos para tornar a pesquisa desses registros mais intuitiva e direta. Seu design simples é mais fácil de se utilizar, com campos e filtros simplificados para facilitar a navegação.

A irmã Pamela Sheffield e a irmã Vergie Scroughams trabalham no segundo andar da recém-reformada Biblioteca de História da Família de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Salt Lake City na terça-feira, 29 de junho de 2021.
A irmã Pamela Sheffield e a irmã Vergie Scroughams trabalham no segundo andar da recém-reformada Biblioteca de História da Família de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Salt Lake City na terça-feira, 29 de junho de 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

A Biblioteca de História da Família é remodelada

Embora as portas da Biblioteca de História da Família em Salt Lake City tenham sido fechadas ao público por quase 16 meses devido à pandemia de COVID-19, as equipes de construção trabalharam com afinco para completar a reforma.

A Biblioteca de História da Família, que atrai cerca de 400 mil visitantes por ano, não havia passado por uma grande reforma desde 2002. As novas mudanças foram projetadas principalmente para tornar os serviços da biblioteca mais acessíveis. Leia mais: 6 novidades que podem ser encontradas na Biblioteca de História da Família