Apóstolos, familiares e legisladores prestam homenagem ao falecido senador Orrin G. Hatch

O senador dos Estados Unidos, Orrin G. Hatch — um fiel santo dos últimos dias de família pioneira, estadista, homem de família e funcionário público — foi homenageado na sexta-feira, 6 de maio, como um amigo incansável e legislador renomado, conhecido por ir além dos limites para tornar seu país melhor.

Parentes, amigos, colegas políticos e centenas de outras pessoas se reuniram para o funeral do falecido senador no Instituto de Religião de Salt Lake City, localizado ao lado do campus da Universidade de Utah.

Membro durante toda sua vida, Hatch serviu por 42 anos no Senado dos Estados Unidos, presidindo alguns dos comitês mais influentes da câmara. Ele também foi um defensor da liberdade religiosa, algo que talvez tenha sido mais bem refletido em sua defesa da Lei de Restauração da Liberdade Religiosa.

Ele morreu em 23 de abril de 2022, aos 88 anos.

Entre os oradores do funeral de sexta-feira estava o colega advogado de Hatch e amigo de décadas, Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, juntamente com o líder republicano do Senado dos E.U.A., Mitch McConnell.

Outros líderes da Igreja que compareceram ao  funeral de sexta-feira foram Presidente M. Russell Ballard, presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, Élder Quentin L. Cook e Élder D. Todd Christofferson, ambos do Quórum dos Doze Apóstolos.

Presidente Oaks conheceu o homem que se tornaria o senador com mais tempo de serviço de Utah na Universidade Brigham Young durante a década de 1970. Ambos eram jovens advogados que continuaram seu trabalho profissional em Utah. Na época, Hatch estava pensando em concorrer ao Senado dos E.U.A. ao passo que Presidente Oaks estava iniciando sua carreira na universidade patrocinada pela Igreja.

“O que nos uniu foram as raízes pioneiras de nossas famílias, que se estabeleceram na mesma área despovoada de Utah”, disse Presidente Oaks. “As famílias Hatch e Oaks chegaram ao que hoje é Vernal em 1879, quando havia tão poucos colonos que a área em que se estabeleceram foi inicialmente conhecida como Hatchtown [Cidade dos Hatch]. Eles foram pioneiros lá por gerações.”

O que aconteceu com Orrin Hatch nos últimos cinquenta anos é bem conhecido, observou Presidente Oaks. Os dois amigos mantiveram contato frequente enquanto trabalhavam em assuntos de interesse comum e público.

“Agora, Orrin e eu, que temos dois anos de diferença e traçamos nossa ascendência até a mesma pequena cidade de Utah, nos reunimos para o que eu gostaria de chamar de cerimônia de formaturada mortalidade para Orrin Hatch — uma graduação com as maiores honras”, disse ele.

O líder da Igreja citou o tributo da Primeira Presidência ao falecido senador: “Os esforços incansáveis do senador Hatch, em nome de seu país, beneficiaram inúmeras vidas e sua força na promoção da liberdade religiosa será uma bênção para todas as pessoas de fé nas próximas gerações.”

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala no funeral de Orrin Hatch, ex-senador dos E.U.A., no Instituto de Religião da Igreja adjacente à Universidade de Utah, em Salt Lake City, na sexta-feira, 6 de maio de 2022.
Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala no funeral de Orrin Hatch, ex-senador dos E.U.A., no Instituto de Religião da Igreja adjacente à Universidade de Utah, em Salt Lake City, na sexta-feira, 6 de maio de 2022. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Presidente Oaks também testificou da ressurreição e das bênçãos que aguardam os filhos de Deus à medida que guardam Seus mandamentos.

“Para o senador Hatch e  todos os santos dos últimos dias que entendem o plano de Deus, a morte é apenas um passo inevitável na mudança de um lugar para outro na maravilhosa jornada interminável prescrita por Deus, nosso Pai Eterno, e possibilitada pela Expiação de nosso Salvador e Redentor, Jesus Cristo”, disse ele.

A ressurreição da morte por meio de Cristo, acrescentou Presidente Oaks, é real e certa. “Que garantia significativa. Que realidade gloriosa.” No final de seu discurso, ele leu uma carta da Primeira Presidência para a esposa de Hatch, Elaine Hatch.

“Oferecemos a você nossas condolências pelo falecimento de seu amado esposo e nosso amigo, o senador Orrin G. Hatch”, disse a carta. “Ao mesmo tempo, nos regozijamos com você pela vida de realizações significativas de seu marido.

“O senador Hatch era bem conhecido nos Estados Unidos como o senador de Utah com mais tempo de serviço na história do Senado. Ao longo de seus sete mandatos, ele serviu seus concidadãos com devoção e humildade. Seu profundo apreço por nosso país foi demonstrado através de seu serviço.

“Reconhecemos seu notável compromisso de proteger a liberdade religiosa e a união. Somos gratos pelo serviço do irmão Hatch na Igreja nos vários chamados que recebeu e magnificou. Ele era um homem de grande caráter que honrousua família. Oramos para que você receba paz e conforto neste momento delicado.”

Homenagens de outros veteranos do Senado

O senador McConnell homenageou Hatch ao dizer que o considera “um estadista e um  amigo querido.” Ele agradeceu a Elaine Hatch e sua família “por terem emprestado Orrin ao Senado todos esses anos.”

Brent Hatch, filho de Orrin Hatch, ex-senador dos E.U.A., enxuga as lágrimas durante o funeral de seu pai no Instituto de Religião de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias adjacente à Universidade de Utah, em Salt Lake City, na sexta-feira, 6 de maio de 2022.
Brent Hatch, filho de Orrin Hatch, ex-senador dos E.U.A., enxuga as lágrimas durante o funeral de seu pai no Instituto de Religião de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias adjacente à Universidade de Utah, em Salt Lake City, na sexta-feira, 6 de maio de 2022. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

McConnell mencionou a criação humilde de seu amigo em um lar da classe trabalhadora na Pensilvânia. Hatch nunca deixou de se maravilhar com as bênçãos oferecidas por seu país e seu Deus. Seu caminho para os escalões da política dos E.U.A. tinha sido uma improbabilidade.

“Então, como o servo bom e fiel da parábola dos talentos de nosso Senhor, [Orrin] usou seus dons para que eles pudessem se multiplicar”, disse ele.

McConnell chamou Hatch de “mestre legislador”, capaz de defender os esforços bipartidários para ajudar os vulneráveis da sociedade. “Orrin levou sua legislação para o mesmo lugar onde nosso Salvador levou Seu ministério: às margens da sociedade. Para a periferia, servindo o menor [entre nós].”

Gordon H. Smith, ex-senador dos Estados Unidos e santo dos últimos dias, disse que inclui seu mentor e amigo “no panteão dos melhores senadores dos Estados Unidos. (…) Tenho certeza de que as crônicas da história americana registrarão que Orrin G. Hatch foi um de seus maiores legisladores.”

Smith também elogiou o entusiasmo de seu amigo por compartilhar o evangelho com outras pessoas, ao mesmo tempo  que respeitava e protegia as diferentes tradições de fé e crenças de outros. “Orrin tinha um coração ecumênico”, disse ele.

Hatch frequentemente demonstrava compaixão pelos outros compartilhando cartas escritas à mão, músicas que escreveu ou talvez apenas um ombro para se apoiar. “Orrin não era um homem perfeito, ele eraapenas extraordinariamente bom”, disse Smith.

Lições preciosas passadas para a família e amigos

Dois dos filhos de Hatch — o filho Brent Orrin Hatch e a filha Marcia Hatch Whetton — também falaram no funeral do pai na sexta-feira. Hatch Whetton disse que seu pai “tinha uma personalidade incrível… e foi um amigo para muitas pessoas.”

Marcia Hatch Whetton, filha de Orrin Hatch, ex-senador dos E.U.A., fala no funeral de seu pai no Instituto de Religião de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias adjacente à Universidade de Utah, em Salt Lake City, na sexta-feira, 6 de maio de 2022.
Marcia Hatch Whetton, filha de Orrin Hatch, ex-senador dos E.U.A., fala no funeral de seu pai no Instituto de Religião de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias adjacente à Universidade de Utah, em Salt Lake City, na sexta-feira, 6 de maio de 2022. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Orrin Hatch era, acrescentou ela, um homem de família, antes de tudo. Seu legado será seu amor e devoção por sua esposa, filhos e netos.

Ele também era um torcedor leal de todas as equipes esportivas de Utah, especialmente da BYU. Suas modestas preferências gastronômicas eram um combo de cachorro-quente/refrigerante do supermercado Costco, que custa US$ 1,50, e comer no Chuck-A-Rama, uma cadeia de restaurantes em estilo buffet de Utah.

Hatch também amava as escrituras e valorizava seu testemunho do Senhor. Sempre que  entes queridos partiam da casa da família Hatch, o patriarca da família se despedia deles com este conselho simples: Vivam o evangelho.

Brent Hatch falou da dor que seu pai sentiu quando seu irmão mais velho, Jesse Hatch, foi morto em combate durante a Segunda Guerra Mundial. Daquele dia em diante, Orrin Hatch se comprometeu a viver com propósito para honrar seu irmão falecido.

A ética de trabalho de Orrin Hatch serviu-lhe bem como missionário de tempo integral (Missão dos Grandes Lagos), estudante de direito e advogado e, por fim, no Senado dos E.U.A. “Ele simplesmente trabalhava mais que todo mundo”, disse Brent Hatch.

Hatch também aprendeu o valor e a recompensa de encontrar algo em comum com os outros. Ele considerava o senador democrata Ted Kennedy e o ícone do boxe Muhammad Ali, um muçulmano devoto, amigos próximos.

“E para meu pai, sua fé em Cristo era primordial.”

A. Scott Anderson, presidente do Zions Bank, disse que seu amigo, Orrin Hatch, era “verdadeiramente um grande homem” que “facilitou o progresso em grande escala ao usar sua influência arduamente conquistada para edificar nossa nação, fortalecer nossas comunidades, melhorar nossos bairros e elevar a vida daqueles que passam por nós todos os dias.”

Após o funeral de sexta-feira, Hatch foi sepultado no cemitério de Newton, no norte de Utah.