Como Elijah Bryant, campeão da NBA e Euroliga, compartilha o evangelho nas redes sociais

Os gerentes-gerais de times profissionais de basquete seriam sábios em manter o número de Elijah Bryant à mão.

O atleta santo dos últimos dias está se tornando sinônimo de times vencedores de campeonatos de prestígio de basquete.

Em 2020, Bryant ajudou a levar o Maccabi Tel Aviv ao título da Liga Israelita. No ano passado, ele foi escalado para o time do Milwaukee Bucks que conquistou o campeonato da National Basketball Association (NBA) de 2021. E este ano, ele foi um dos principais colaboradores da Anadolu Efes, durante a bem-sucedida campanha da equipe turca ao título da Euroliga.

O jogador do Chicago Bulls, Patrick Williams, à direita, arremessa sobre o defensor do Milwaukee Bucks, Elijah Bryant, durante o primeiro tempo de um jogo de basquete da NBA em Chicago, domingo, 16 de maio de 2021.
O jogador do Chicago Bulls, Patrick Williams, à direita, arremessa sobre o defensor do Milwaukee Bucks, Elijah Bryant, durante o primeiro tempo de um jogo de basquete da NBA em Chicago, domingo, 16 de maio de 2021. Crédito: Nam Y. Huh, Associated Press

Os títulos consecutivos da NBA e Euroliga são especialmente significativos para o ex-jogador da Universidade Brigham Young. Eles são amplamente considerados as duas principais competições profissionais do basquete mundial.

Mas mesmo enquanto Bryant está estabelecendo sua “marca” como um vencedor de campeonatos na quadra, sua crescente base de fãs internacionais está aprendendo cada vez mais sobre suas profundas convicções religiosas. O armador de 1,95 m frequentemente usa o Twitter, e outras redes sociais, para compartilhar passagens favoritas das escrituras e citações de líderes santos dos últimos dias.

Como esta citação de Élder Jorge T. Becerra, Setenta Autoridade Geral, que Bryant twittou em 17 de junho: “Em cada ala e ramo, precisamos de todas as pessoas, tanto as que estão fortes quanto as que talvez estejam passando por dificuldades. Todas são necessárias.”

Dias antes, ele twittou um versículo conhecido do Livro de Mórmon: “Quando estais a serviço de vosso próximo, estais somente a serviço de vosso Deus.” (Mosias 2:17).

Enquanto alguns atletas de alto nível podem evitar revelar seu lado espiritual, Bryant não possui tais inibições. Ele acredita que suas habilidades atléticas são um presente de Deus, e ele não se desculpa por utilizar qualquer plataforma ligada a essas habilidades para compartilhar o evangelho restaurado e convidar pessoas a Cristo.

“Eu leio as escrituras e os discursos [da conferência geral] quase todos os dias, então por que não compartilhar com meus seguidores o que estou aprendendo e o que me traz felicidade?”, disse ele ao Church News.

Esses tweets ou mensagens do Instagram podem torná-lo alvo de críticas. Alguns seguidores dizem a ele para “se concentrar no basquete.”

“Mas meu objetivo final na vida”, ele responde, “é retornar ao meu Salvador. Para mim, o basquete é irrelevante em comparação com minha fé e minha família.”

Avatar de Elijah Bryant no Twitter.
Avatar de Elijah Bryant no Twitter. Crédito: Captura de tela do Twitter

Até o avatar de Bryant no Twitter é uma imagem do jogador de basquete vestindo uma camisa estampada com o logotipo da Igreja. “Porque esta é a ‘camisa’ que estou vestindo o tempo todo, não importa onde ou como estou jogando.”

A publicação frequente de escrituras e citações de líderes da Igreja também ajuda Bryant a manter a responsabilidade de estudar as palavras inspiradas de líderes antigos e modernos diariamente. E é divertido ser missionário.

“Preciso compartilhar coisas [com o tema do evangelho] com as pessoas que me seguem para ajudar a lembrá-las de ler as escrituras todos os dias”, disse ele. “Tenho meus dias bons e dias ruins. Às vezes, perco um dia [de estudo do evangelho]. Mas [as redes sociais] me fazem responsável e permitem que as pessoas vejam quem sou.

“Espero ser um exemplo para mostrar às crianças e aos outros que você pode ter fé constante e ser um bom atleta.”

Bryant jogou em vários países ao longo de sua carreira profissional no basquete. Ele sabe que nem todos os seus fãs e seguidores falam inglês. “Mas talvez eles traduzam no Google o que eu tweeto. Este pode ser o único contato que eles têm com o evangelho. (…) Mas talvez, um dia, eles tenham a chance de conhecer os missionários. Não quero deixar nada ao acaso. Quero compartilhar o evangelho o máximo possível.”

Duas temporadas de jogos. Dois títulos importantes.

No ano passado, o Church News conversou com Bryant logo após ele ganhar um título da NBA com o Milwaukee Bucks. Logo depois, ele se viu fora da NBA. Foi um momento difícil. Decisões difíceis tiveram que ser tomadas. Mas ele confiou em suas habilidades, confiou no Senhor, contou com o apoio de sua esposa, Jenelle, e logo se viu vestindo a camisa de um dos principais times da Europa, o Anadolu Efes, da Turquia.

Em seguida, houve a bem-sucedida temporada 2021-2022 e uma disputa pelo campeonato de alto nível da Euroliga.

Elijah Bryant, jogador de basquete santo dos últimos dias, comemora a vitória de sua equipe no campeonato da Euroliga de 2022, com sua esposa, Jenelle, e seu filho, Blu.
Elijah Bryant, jogador de basquete santo dos últimos dias, comemora a vitória de sua equipe no campeonato da Euroliga de 2022, com sua esposa, Jenelle, e seu filho, Blu. Crédito: Foto do Twitter, cortesia de Elijah Bryant

“Isso só mostra que, quando você se sacrifica por algo em que realmente acredita, e coloca seu coração, sua fé e trabalho duro nisso, grandes coisas podem ser realizadas.”

O ano passado, acrescentou, “definitivamente foi um [ano] que fortaleceu meu testemunho. … Sinto-me humilde ao ver o sucesso e os elogios que recebi, mas definitivamente estou pronto para realizar mais.”

Jogar ao lado de jogadores de elite, como Giannis Antetokounmpo, do Bucks, aprimorou as habilidades de Bryant e sua apreciação por seu sucesso. Ele sabe que muitos atletas profissionais de primeira linha jogam carreiras inteiras sem nunca ganhar um campeonato.

Enquanto isso, ele acrescentou: “Ter o Senhor ao meu lado me ajuda a sempre tomar as decisões certas.”

Aprendendo com outras tradições religiosas

O basquete continua a oferecer a Bryant uma visão única de muitas das principais religiões do mundo.

Ele, que é nativo da Geórgia, cresceu no “Bible Belt” [Cinturão Bíblico] antes de eventualmente jogar basquete universitário na universidade patrocinada pela Igreja em Provo, Utah. Profissionalmente, ele jogou no Estado-nação judaico de Israel e na Turquia, uma nação muçulmana.

Como santo dos últimos dias, “tentei fazer o meu melhor para dar um bom exemplo em cada uma dessas comunidades enquanto também aprendia com elas.”

A observância semanal judaica do Shabat, por exemplo, ajuda Bryant a apreciar e entender melhor suas próprias tradições e observâncias do Dia do Senhor. Ele também é inspirado pela devoção de muitos de seus amigos muçulmanos durante sua sagrada observância do Ramadã.

Bryant está passando grande parte do verão em Utah, se conectando com amigos e gerenciando seu treinamento de basquete. Ele adora passar o período entre as temporadas fazendo “coisas de pai” com seu filhinho, Blu. Em breve, ele voltará a Istambul, onde está contratado para jogar durante mais um ano pelo Anadolu Efes.

“A jornada continua, certo?” ele disse. “Mas eu sei que estarei em algum lugar servindo ao Senhor jogando basquete. Para mim, esta é a melhor bênção.”