Menu
NAS NOTÍCIAS

Santo dos últimos dias é confirmado como juiz da Suprema Corte da Coreia do Sul

Élder Youngjoon Kwon foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023. Ele tem servido como Setenta de Área desde 2020.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, fala em uma conferência de mulheres na Coreia do Sul em 2019.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, fala em uma conferência de mulheres na Coreia do Sul em 2019.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias


Santo dos últimos dias é confirmado como juiz da Suprema Corte da Coreia do Sul

Élder Youngjoon Kwon foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023. Ele tem servido como Setenta de Área desde 2020.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, fala em uma conferência de mulheres na Coreia do Sul em 2019.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, fala em uma conferência de mulheres na Coreia do Sul em 2019.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Um membro sul-coreano de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi confirmado como juiz na Suprema Corte do país.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023 como juiz da Suprema Corte da Coreia do Sul.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023 como juiz da Suprema Corte da Coreia do Sul.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Youngjoon Kwon foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023, conforme relatado no site ChurchofJesusChrist.org [em inglês] e na Sala de Imprensa da Igreja na Coreia [em coreano].

Élder Kwon, 52 anos, que serve como Setenta de Área desde 2020, servirá por seis anos no tribunal composto por 14 membros. Ele disse que sua fé tem sido uma grande influência em sua carreira jurídica, e também mencionou suas experiências como missionário durante a audiência de confirmação.

“O serviço missionário que fiz, depois de ter entrado na faculdade de Direito e trancado a matrícula por um ano, mudou minha vida”, disse ele. “Conheci tantas pessoas necessitadas e tive tantas conversas profundas. Derramei muitas lágrimas porque eu era muito sensível. Embora meus estudos tenham atrasado um ano, minha reverência pela vida aumentou dez vezes. Percebi mais rapidamente que o Direito também é um estudo da vida.”

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, à direita, foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023 como juiz da Suprema Corte da Coreia do Sul.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, à direita, foi nomeado em 9 de junho e confirmado em 19 de julho de 2023 como juiz da Suprema Corte da Coreia do Sul.

Élder Kwon também compartilhou sobre suas experiências servindo em sua comunidade como um santo dos últimos dias.

“Eu queria conectar minha vida pessoal ao bem-estar da comunidade”, disse ele. “Pensei em como poderia retribuir à comunidade com meu tempo, talento e dinheiro, e fiz isso por meio de minha religião.”

Em testemunho por escrito antes de sua audiência de confirmação, Élder Kwon apresentou vários materiais ao Congresso que enfatizam o bem que a Igreja de Jesus Cristo faz na sociedade.

Os pais de Élder Kwon se filiaram à Igreja em 1975, e ele passou a infância e a adolescência na Igreja. Ele se casou com a irmã Yeonshin Lee, no Templo de Seul Coreia em 1995, e eles têm dois filhos e duas filhas.

Élder Youngjoon Kwon, chamado como Setenta de Área em 2020, e sua esposa, a irmã Yeonshin Lee, em uma conferência de jovens adultos solteiros na Coreia do Sul, em 2019.

Élder Youngjoon Kwon, chamado como Setenta de Área em 2020, e sua esposa, a irmã Yeonshin Lee, em uma conferência de jovens adultos solteiros na Coreia do Sul, em 2019.

de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Kwon estudou na Faculdade de Direito da Universidade Nacional de Seul, e foi aprovado no exame da ordem em 1993, e ingressou no Instituto de Pesquisa e Treinamento Judicial. Ele foi juiz advogado geral da Marinha antes de ser nomeado juiz do Tribunal Distrital de Seul, em 1999. Recebeu um doutorado pela Universidade Nacional de Seul e mestrado pela Faculdade de Direito de Harvard. Ele é professor na Faculdade de Direito da Universidade Nacional de Seul desde 2006, e atuou duas vezes como vice-reitor da Pós-Graduação da Faculdade de Direito.

“O tribunal não é apenas um lugar de lógica legal, mas um lugar onde os apelos desesperados da vida são ouvidos”, disse Élder Kwon. “Ouvirei as vozes da vida com um coração humilde. O discurso sobre o Direito deve incorporar harmoniosamente as diversas vozes da vida, e farei com que as vozes de poucos não sejam abafadas pelos gritos de muitos.”

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, e sua esposa, a irmã Yeonshin Lee, falam em uma conferência de mulheres na Coreia do Sul, em 2019.

Élder Youngjoon Kwon, Setenta de Área, e sua esposa, a irmã Yeonshin Lee, falam em uma conferência de mulheres na Coreia do Sul, em 2019.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Como um estudioso jurídico, Élder Kwon estudou aspectos civis, de propriedade intelectual, privacidade e comércio internacional da lei. Ele também publicou mais de 30 livros e 80 trabalhos acadêmicos. Foi ainda membro efetivo da Comissão de Revisão de Direito Civil do Ministério da Justiça, presidente da Comissão de Assessoramento Jurídico do Ministério da Justiça, e membro da Comissão Nacional de Propriedade Intelectual.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.