Menu
NAS NOTÍCIAS

Milhares de voluntários na Flórida ajudam na limpeza após furacão Idalia

‘Os membros aqui no Sul sabem que a resposta a furacões é parte do que fazemos’, diz Setenta de Área na Flórida


Milhares de voluntários na Flórida ajudam na limpeza após furacão Idalia

‘Os membros aqui no Sul sabem que a resposta a furacões é parte do que fazemos’, diz Setenta de Área na Flórida

Durante o fim de semana do Dia do Trabalho [nos E.U.A.], mais de 1.700 voluntários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, vindos de nove estacas da Flórida e Alabama, ajudaram na limpeza após o Furacão Idalia, o primeiro de vários fins de semana que virão para se concluir os projetos de limpeza.

Atingindo o continente na quarta-feira, 30 de agosto, a tempestade atingiu a área de Big Bend, na Flórida, na Costa do Golfo, inundando ruas, derrubando árvores, arrancando telhados e cortando a energia elétrica. Os danos são estimados em cerca de US$ 9 bilhões em perdas patrimoniais.

John e Pam Horton evacuaram sua casa antes da tempestade. Mas quando regressaram à costa de Suwannee, Flórida, que fica a cerca de 209 km, a sudeste de Tallahassee e no extremo sul da região de Big Bend, viram que a maior parte de seus bens estava coberta de lama.

Os Hortons ficaram impressionados com o que encontraram. “Simplesmente não sabíamos como faríamos isso sozinhos”, disse John Horton em uma reportagem no site ChurchofJesusChrist.org [em inglês].

Voluntários santos dos últimos dias de Gainesville, Flórida, a cerca 105 km a leste de Suwannee, rapidamente começaram a trabalhar, retirando móveis encharcados e removendo lama e detritos da casa.

Norman L. Beatty, primeiro conselheiro do bispado da Ala Gainesville 2, que estava lá com sua família, subiu no telhado para cortar uma árvore que havia caído durante a tempestade.

Beatty disse que serve porque é isso que o Salvador faria. “Esta é a minha comunidade e estes são meus irmãos e irmãs, e eu os amo”, disse ele.

Voluntários santos dos últimos dias removem uma árvore caída na propriedade de uma família, após o furacão Idalia, em Fanning Springs, Flórida, na sexta-feira, 1º de setembro de 2023.

Voluntários santos dos últimos dias removem uma árvore caída na propriedade de uma família, após o furacão Idalia, em Fanning Springs, Flórida, na sexta-feira, 1º de setembro de 2023.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Em Fanning Springs, Flórida, cerca de 45 km a nordeste de Suwannee, um grupo de missionários de tempo integral ajudou membros da Ala Chiefland a removerem uma grande árvore caída na propriedade de Brad e Lanette Six.

Brad Six expressou a gratidão de sua família pela ajuda. “A maneira como você mostra às pessoas que as ama é ajudando, servindo”, disse ele.

Élder Landon Berning, de Kaysville, Utah, servindo na Missão Flórida Jacksonville, ajudou a remover a árvore.

“Gosto muito de prestar um serviço assim. É um trabalho voluntário e tudo isso é para Jesus Cristo e para o próximo. São os dois grandes mandamentos”, disse ele.

Centros de comando coordenam a limpeza do furacão

Centros de comando foram instalados nas capelas da Igreja em Lake City e Madison, no norte da Flórida; em Chiefland, entre Gainsville e Suwanne, Flórida; e em Valdosta, Geórgia. Lá, os voluntários coordenaram os esforços de socorro, descarregando caminhões com suprimentos de socorro, cumprindo ordens de serviço e atendendo pedidos de auxílio vindos de toda a comunidade.

No sábado, 2 de setembro de 2023, voluntários santos dos últimos dias trabalham em um centro de comando, localizado em uma capela da Igreja em Chiefland, Flórida, perto das áreas afetadas pelo furacão Idalia. No centro, ferramentas são distribuídas e grupos de trabalho são selecionados, para membros da comunidade que necessitam de ajuda para limparem casas e removerem detritos, como árvores caídas.

No sábado, 2 de setembro de 2023, voluntários santos dos últimos dias trabalham em um centro de comando, localizado em uma capela da Igreja em Chiefland, Flórida, perto das áreas afetadas pelo furacão Idalia. No centro, ferramentas são distribuídas e grupos de trabalho são selecionados, para membros da comunidade que necessitam de ajuda para limparem casas e removerem detritos, como árvores caídas.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder M. Andrew Galt, Setenta de Área na Flórida, disse que quando o furacão Idalia ocorreu, os membros da Igreja estavam prontos para responderem porque têm um longo histórico de preparação para desastres naturais.

“Os membros aqui no Sul sabem que a resposta aos furacões é parte do que fazemos”, disse Élder Galt. “Durante todo o ano, estamos treinando as estacas para administrarem centros de comando, estamos treinando para se prepararem para tempestades.”

E eles sabem que devem olhar para frente.

“Esta é uma tempestade precoce”, disse ele. “Provavelmente poderíamos ter outra. Estamos nos preparando para outra. Só não sabemos onde e quando ainda.”

Entre as dezenas de pessoas designadas, para compor o centro de comando em Chiefland, estava Tiffanie Buchman. Ela ajudou a coordenar os pedidos de socorro da comunidade.

O trabalho realizado pelos voluntários é fisicamente exigente, disse ela: “Eles limpam as casas, derrubam as árvores, recolhem os escombros.” Seu objetivo é mostrar amor e dar esperança às pessoas.

O fim de semana do Dia do Trabalho, de 1º a 4 de setembro, foi apenas o primeiro esforço coordenado de limpeza em Big Bend. Espera-se que os esforços de socorro da Igreja continuem na comunidade durante o próximo mês. Espera-se que mais de 2.500 voluntários santos dos últimos dias, de 26 estacas em toda a área, retornem no fim de semana de 15 a 17 de setembro.

Voluntários santos dos últimos dias removem cuidadosamente os pertences de uma casa inundada, que ainda podem ser usados pela família, em Suwannee, Flórida, antes que a lama seja removida da casa, após o furacão Idalia, no sábado, 2 de setembro de 2023.

Voluntários santos dos últimos dias removem cuidadosamente os pertences de uma casa inundada, que ainda podem ser usados pela família, em Suwannee, Flórida, antes que a lama seja removida da casa, após o furacão Idalia, no sábado, 2 de setembro de 2023.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Números da limpeza do furacão Idalia, até agora

  • Chegada em 30 de agosto
  • Prejuízos estimados em US$ 9 bilhões
  • Capelas da Igreja em seis cidades foram danificadas

De 1º a 4 de setembro:

  • Nove estacas participantes
  • 1.734 voluntários
  • Três caminhões da Igreja com suprimentos de socorro
  • 759 ordens de serviço
  • 2.457 pedidos de limpeza
  • 28.772 horas de serviço

Esperado até o fim de setembro:

  • 26 estacas participantes
  • 2.500 voluntários

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.