26 templos fechados no mundo em resposta às preocupações crescentes com o COVID-19

Conforme a Igreja continua a tomar medidas preventivas contra a propagação do COVID-19, a lista dos templos fechados continua a ser atualizada na Sala de Imprensa.

Até a manhã deste sábado, dia 14 de março, os 26 templos da lista abaixo estão ou estarão temporariamente fechados a partir do dia 16 de março:

  • Templo de Assunção Paraguai
  • Templo de Boston Massachusetts
  • Templo de Campinas Brasil
  • Templo da Cidade de Cebu Filipinas  
  • Templo de Copenhagen Dinamarca
  • Templo de Fukuoka Japão
  • Templo de Guayaquil Equador
  • Templo de Hartford Connecticut
  • Templo de Helsinki Finlândia
  • Templo de Lisboa Portugal
  • Templo de Louisville Kentucky
  • Templo de Manhattan Nova York
  • Templo de Manila Filipinas
  • Templo da Filadélfia Pensilvânia
  • Templo de Porto Alegre Brasil
  • Templo de Recife Brasil
  • Templo de Roma Itália
  • Templo de São Paulo Brasil
  • Templo de Sapporo Japão
  • Templo de Seattle Washington  
  • Templo de Seul Coreia  
  • Templo de St. Louis Missouri  
  • Templo de Taipei Taiwan  
  • Templo de Haia Holanda  
  • Templo de Toronto Ontário
  • Templo de Vancouver Colúmbia Britânica

Os templos de Hong Kong China e Tóquio Japão continuam fechados para reformas.

Na sexta-feira, dia 13 de março, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos anunciaram ajustes temporários no trabalho do templo.

Foto aproximada da parte de cima da torre onde lê-se a inscrição — Santidade ao Senhor, A Casa do Senhor no Templo de Lisboa Portugal, no sábado, 14 de setembro de 2019.
Foto aproximada da parte de cima da torre onde lê-se a inscrição — Santidade ao Senhor, A Casa do Senhor no Templo de Lisboa Portugal, no sábado, 14 de setembro de 2019. Credit: Scott Taylor

De acordo com a carta, as seguintes medidas entrarão em vigor a partir de 16 de março de 2020:

  • Nos locais onde o governo, ou outras restrições referentes a reuniões públicas e/ou religiosas, impossibilitam as atividades nos templos, as ordenanças vicárias e próprias estão temporariamente suspensas.
  • Nos locais onde o governo, ou outras restrições, não impedem as atividades nos templos, as seguintes ordenanças próprias poderão ser realizadas, de acordo com a capacidade disponível e apenas com horário marcado: ordenanças de selamento de marido e mulher, e filhos aos pais, assim como ordenanças iniciatórias e investiduras. Temporariamente, as ordenanças vicárias não serão feitas.
  • Todos os alojamentos estão fechados.

Leia aqui para seguir as notícias referentes à Igreja e ao coronavírus.