O que os santos dos últimos dias estão dizendo sobre os novos templos em Kiribati, Vanuatu, Guatemala, Brasil, Bolívia e Utah

Ao introduzir os locais de seis novos templos no final da sessão da tarde de domingo da Conferência Geral de Outubro de 2020, o Presidente Russell M. Nelson anunciou 49 novos templos em menos de três anos com líder de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Os novos templos anunciados no domingo, 4 de outubro, são:

  • Tarawa, Kiribati
  • Port Vila, Vanuatu
  • Lindon, Utah
  • Grande Cidade da Guatemala, Guatemala
  • São Paulo Leste, Brasil
  • Santa Cruz, Bolívia

“Ao construirmos e mantermos estes templos, oramos para que cada um de vocês possa construir e manter a si mesmos para que sejam dignos de entrar no templo sagrado”, disse o Presidente Nelson, que lembrou aos ouvintes que “as ordenanças e convênios do Senhor nos preparam para a vida eterna, a maior de todas as bênçãos de Deus.”

Tarawa, Kiribati 

O Templo de Tarawa Kiribati será o primeiro na nação do Pacífico composta por 36 ilhas da Micronésia, uma república independente desde 1979. 

“Choramos de alegria quando ouvimos a notícia do templo [em Kiribati]”, disse Adolf J. Johannsson, residente de Fiji que foi desobrigado como Setenta de Área no sábado, depois de presidir as unidades de Kiribati por seis anos. “Esta é uma realização da profecia de que o Senhor reunirá Seu povo de todos os confins da terra. 

Quando o futuro templo for finalmente dedicado em Tarawa”, acrescentou, “ele permanecerá como um farol da plenitude do evangelho para que todos vejam.”  Cerca de 21.000 santos dos últimos dias, em duas estacas e 37 congregações, residem em Kiribati. Uma dúzia de estudantes de Kiribati viajaram para frequentarem a Liahona High School em Tonga e lá, se converteram à Igreja, retornando para casa e se tornando os primeiros missionários de Kiribati em 1975. Outras datas importantes para a nação insular incluem a dedicação do primeiro edifício construído pela Igreja em 1982 e a criação da primeira estaca — a Estaca Tarawa Kiribati — pelo Élder L. Tom Perry, em 1996.

Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da manhã de domingo da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em 4 de outubro de 2020.
Presidente Russell M. Nelson discursa durante a sessão da manhã de domingo da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em 4 de outubro de 2020. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Port Vila, Vanuatu 

O Presidente da Missão Vanuatu Port Vila, J. Benoit Duquette, e sua esposa, a irmã Marie Simone Duquette, estavam apreciando o último discurso da conferência geral, feito pelo Presidente Nelson, na sala de estar da casa da missão, quando ouviram a notícia de que Vanuatu um dia terá um templo. 

“Não conseguimos conter a emoção”, disse ele ao Church News, com a voz embargada. “Ainda é difícil. Hoje pensamos em todos os missionários, líderes e membros que têm trabalhado aqui sob difíceis circunstâncias.” 

Muitos dos santos dos últimos dias desta nação insular, acrescentou ele, vivem humildemente. “Eles não têm nada além do que cultivam na própria horta.” 

Ainda assim, estão ansiosos para edificar Sião em sua terra natal. Mas devido a tais desafios econômicos, viajar para o templo mais próximo em, digamos, Fiji ou Nova Zelândia, é impossível para muitos santos dos últimos dias. 

“Agora, um templo em Vanuatu lhes permitirá ter todas as bênçãos do evangelho.” Em Vanuatu há mais de 10.000 membros em uma estaca, três distritos e 37 congregações. Este será o primeiro templo para a nação do Oceano Pacífico Sul, composta por cerca de 80 ilhas. 

Um ramo em Port Vila foi organizado em 1973, com o trabalho missionário começando em Vanuatu no ano seguinte, depois que várias famílias santos dos últimos dias de Tonga se mudaram para lá. Os primeiros missionários de tempo integral chegaram em janeiro de 1975. 

Presidente Gordon B. Hinckley visitou Vanuatu durante uma viagem pelas ilhas do Pacífico no ano de 2003, atraindo um público de 2.212 pessoas em Port Vila. Uma edição completa de O Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo foi publicada no idioma bislamá em julho de 2004.

Lindon, Utah 

Um templo em Lindon é o sétimo templo em Utah anunciado pelo Presidente Nelson e o 25º da Igreja no estado. 

O Presidente da Igreja anunciou anteriormente dois templos que já estão em construção (Layton e Orem), dois com cerimônias de abertura de terra programadas para as próximas semanas (Taylorsville e Red Cliffs St. George), e dois que aguardam o anúncio da abertura de terra (Tooele Valley e Syracuse). 

O presidente da Estaca Lindon Utah Central, Michael Lloyd, disse ao Church News que ficou “surpreso e entusiasmado” ao saber, no domingo, que sua comunidade teria o próprio templo. “Que bênção será”, disse ele, acrescentando que o anúncio do templo é outro lembrete da importância de se permanecer “no caminho do convênio”. 

O presidente Lloyd observou que os templos nas comunidades vizinhas do Vale de Utah “estão cheios até a capacidade máxima quando as portas se abrem a cada manhã — e sempre há filas de jovens”. O condado de Utah é  densamente povoado por santos dos últimos dias e vários templos estão a pouca distância de carro. Ainda assim, a notícia de um futuro templo oferece aos residentes de Lindon uma oportunidade sagrada para serem melhores e se prepararem para servir. 

“Faremos o melhor que pudermos sabendo que Cristo está esperando para receber nossa oferta”, disse o presidente Lloyd. 

Utah tem 17 templos dedicados — incluindo os templos de Salt Lake e St. George que estão em reforma — e outro templo em construção em Saratoga Springs. Mais de 2,12 milhões de santos dos últimos dias residem em Utah, em 604 estacas e 5.229 congregações.

Grande Cidade da Guatemala, Guatemala 

Mais de 281.000 santos dos últimos dias residem na Guatemala, com a Igreja tendo 51 estacas, 438 congregações e sete missões nesta nação da América Central. Os missionários chegaram à Guatemala em 1947, realizando a primeira reunião oficial no ano seguinte. O templo na área da Grande Cidade da Guatemala será o segundo na capital, com o Templo da Cidade da Guatemala dedicado em 1984. 

“É emocionante ver como a obra de Deus avança sem limites”, disse o presidente da Estaca Guatemala Palmita, Byron López. “Estou especialmente emocionado por saber que a Guatemala foi novamente escolhida pelo Senhor para a construção de outro templo, Sua casa. 

Santos dos últimos dias escutam o Élder Ulisses Soares durante uma conferência de estaca na Guatemala no domingo, dia 9 de fevereiro.
Santos dos últimos dias escutam o Élder Ulisses Soares durante uma conferência de estaca na Guatemala no domingo, dia 9 de fevereiro. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Não consigo expressar em palavras, a gratidão que sinto por saber que haverá um novo templo na Cidade da Guatemala, e que abençoará a vida de muitos membros, assim como de não-membros da Igreja.” 

A guatemalteca Yolanda Ortiz acrescentou que seu país tem sido abençoado com “belas paisagens e boa gente”. Agora a nação será enriquecida por outro templo. 

O Templo de Quetzaltenango Guatemala foi dedicado no dia 11 de dezembro de 2011, pelo Presidente Dieter F. Uchtdorf, da Primeira Presidência. 

A abertura de terra do terceiro templo do país — o Templo de Cobán Guatemala, anunciado pelo Presidente Nelson há um ano — está agendada para o próximo mês.

São Paulo Leste, Brasil 

O anúncio de domingo para construir um segundo templo em São Paulo, Brasil, foi um choque para José de Paiva Neto e seus amigos santos dos últimos dias que vivem na cidade mais populosa do Brasil. “Não estávamos esperando que nenhum templo fosse anunciado durante a pandemia, então saber que outro seria construído em São Paulo trouxe muita emoção”, disse Paiva Neto, que é membro há mais de 50 anos. 

O futuro templo abençoará os membros que vivem longe do primeiro templo de São Paulo, “e também trará progresso, assim como o primeiro templo fez com esta região”, disse ele. O Brasil tem mais de 1,42 milhões de santos dos últimos dias em 277 estacas e 2.142 congregações, além de 35 missões e agora 12 templos da Igreja. 

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, a irmã Wendy Nelson, recebem um desenho de presente de Wesley Silva em São Paulo, Brasil, no domingo, dia 1º de setembro de 2019.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, a irmã Wendy Nelson, recebem um desenho de presente de Wesley Silva em São Paulo, Brasil, no domingo, dia 1º de setembro de 2019. Credit: Jeffrey D. Allred

Este país da América do Sul tem sete templos dedicados — em São Paulo, Porto Alegre, Recife, Curitiba, Campinas, Manaus e Fortaleza — e o oitavo no Rio de Janeiro esperando que a pandemia de COVID-19 passe para remarcar a visitação pública e dedicação, que foram adiadas. Há templos em construção em Belém e Brasília, com um templo adicional em vias de planejamento e design em Salvador.

Os missionários visitaram o Brasil pela primeira vez em 1928, trabalhando primeiro com pessoas de língua alemã, e os primeiros conversos chegando em 1928. Um ramo foi organizado em 1930 e São Paulo abriu para o trabalho missionário em 1937, com uma missão brasileira sediada lá no mesmo ano.

Santa Cruz, Bolívia 

“Estamos muito animados”, disse Guizella Rocabado, nativa da Bolívia, após ouvir o Presidente Nelson anunciar que um templo seria construído em Santa Cruz, uma cidade do interior. “Nosso país passou por tempos difíceis nos últimos anos com agitação civil, e agora o coronavírus. Esta bênção é bastante oportuna.” 

O falecido pai de Rocabado, Gustavo Rocabado, serviu como engenheiro do primeiro templo da Bolívia, em Cochabamba. Ela testemunhou as muitas maneiras pelas quais tal edifício pode melhorar a vida dos santos dos últimos dias e de comunidades inteiras. 

O futuro templo de Santa Cruz, disse ela, “ajudará muitos a encontrarem respostas para suas perguntas”. A Bolívia tem mais de 212.000 santos dos últimos dias, em 33 estacas e 270 congregações. O templo em Santa Cruz — a maior cidade do país — será o segundo da Bolívia. O primeiro, em Cochabamba, foi anunciado em 1995 e dedicado em 2000. Os missionários entraram na Bolívia em 1964, vindos da Missão dos Andes, com os primeiros batismos ocorrendo mais tarde naquele mesmo ano, com a abertura dos primeiros ramos em 1966.

Um pai levanta sua filha acima da multidão para ver melhor o Presidente Russell M. Nelson, durante um devocional dominical no ginásio Polideportivo Heroes de Octubre em El Alto, Bolívia, no dia 21 de outubro de 2018.
Um pai levanta sua filha acima da multidão para ver melhor o Presidente Russell M. Nelson, durante um devocional dominical no ginásio Polideportivo Heroes de Octubre em El Alto, Bolívia, no dia 21 de outubro de 2018. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

‘Ansiamos pelo dia’

Depois do anúncio dos novos templos, o Presidente Nelson revisou os fechamentos temporários de todos os templos da Igreja devido à pandemia global de COVID-19 e o cuidadoso plano de reabertura, coordenado em quatro fases.

“Com a Fase 2 agora em vigor em muitos templos, milhares de casais foram selados e milhares receberam suas próprias investiduras nestes últimos meses”, Presidente Nelson disse. “Ansiamos pelo dia em que todos os membros dignos da Igreja poderão servir novamente aos seus ancestrais — e adorar — em um templo sagrado.”

Com o anúncio, a Igreja agora tem 231 templos em várias fases de operação, construção e planejamento. Seus 168 templos dedicados incluem oito fechados para longas renovações, com outros 22 em construção e 41 em planejamento e design.

Os 49 locais dos templos anunciados pelo Presidente Nelson estão localizados em 28 nações e territórios, em seis continentes e em dez ilhas pelos oceanos e mares da Terra.

E dos 49, 10 templos já estão em construção, com outros 12 agendados para iniciarem até o final de 2020. Terrenos oficiais para outros seis templos anunciados anteriormente foram divulgados, incluindo ilustrações do exterior de cinco deles.

Nações com vários templos anunciados pelo Presidente Nelson incluem: Argentina e Filipinas, com três templos em cada; Brasil, Guatemala, Nigéria, com dois; e os Estados Unidos e seus territórios com um total de 16 — sete apenas no estado de Utah.

Templos anunciados nos últimos três anos

Apoiado e designado como o 17º Presidente e Profeta de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no domingo, dia 14 de janeiro de 2018, na sala superior do Templo de Salt Lake, Presidente Nelson, de 96 anos, presidiu mais de seis conferências gerais e anunciou novos templos em cada uma delas.

Abril de 2018

Na sessão da tarde de domingo da conferência de abril de 2018, anunciou templos em sete novos locais. Dos sete, os templos de Layton Utah e Richmond Virginia estão em construção, e dois outros — Salta Argentina e Bangalore Índia — estão agendados para a abertura de terra antes do final do ano.

Outubro de 2018

Na sessão da tarde de domingo da conferência de outubro de 2018, Presidente Nelson anunciou os locais de 12 novos templos. Metade deles já está em construção — os templos de San Juan Porto Rico, Auckland Nova Zelândia, Puebla México, Yigo Guam, Praia Cabo Verde e Feather River Califórnia. Outros três — os templos de Mendoza Argentina, Davao Filipinas e Red Cliffs Utah — terão sua abertura de terra em 2020, e foram divulgados uma ilustração do exterior e o local do terreno do Templo de Phnom Penh Camboja.

Abril de 2019

Na sessão da tarde de domingo da conferência de abril de 2019, anunciou oito novos locais de templos, com o Templo de San Pedro Sula Honduras atualmente em construção. Mais três — os templos de Moses Lake Washington, Okinawa Japão e Antofagasta Chile — terão sua abertura de terra nos próximos três meses, enquanto ilustrações do exterior e os locais foram divulgados para os templos de Pago Pago Samoa Americana, Neiafu Tonga e Tooele Valley Utah.

Outubro de 2019

Presidente Nelson anunciou os novos locais de outros oito templos na conferência de outubro de 2019 — desta vez durante a sessão da noite de sábado das mulheres. O Templo de Orem Utah já está em construção, com mais quatro programados para abertura de terra no final de 2020 — os templos de Taylorsville Utah, Bentonville Arkansas, McAllen Texas e Cobán Guatemala. Além disso, foram divulgados uma ilustração do exterior e o local do Templo de Port Moresby Papua Nova Guiné.

Abril de 2020

Na conclusão da Conferência Geral de Abril de 2020, anunciou os locais de oito novos templos, os quais permanecem na fase inicial de planejamento e design. O local para o Templo de Syracuse Utah foi anunciado.