Abertura de terra para o futuro Templo de Cobán Guatemala oferece esperança em meio às provações atuais

Localizada nas exuberantes montanhas do centro da Guatemala, diz-se que a cidade de Cobán deriva seu nome de uma palavra Q’eqchi’ local que significa, mais ou menos, “o lugar das nuvens”.

As alusões celestiais pareciam adequadas no sábado, quando santos dos últimos dias guatemaltecos e seus vizinhos celebraram o início da construção do futuro Templo de Cobán Guatemala.

Realizada sob um céu limpo, a cerimônia de abertura de terra ocorrida pela manhã, foi também um sinal de esperança para membros da América Central ao iniciarem seus primeiros esforços de recuperação, após o recente furacão Eta, que levou mais de 100 vidas.

Milhares de pessoas pela região, supostamente, permanecem sem energia — e havia uma incerteza inicial se a tradicional cerimônia de abertura de terra seria realizada conforme programada no sábado.

Élder Brian K. Taylor, Setenta Autoridade Geral e presidente da Área América Central, presidiu a pequena reunião de sábado e ofereceu a oração dedicatória na abertura de terra do templo e do trabalho de construção.

Élder Brian K. Taylor e a irmã Jill Taylor participam da cerimônia de abertura de terra no dia 14 de novembro de 2020, sinalizando o início da construção do Templo de Cobán Guatemala.
Élder Brian K. Taylor e a irmã Jill Taylor participam da cerimônia de abertura de terra no dia 14 de novembro de 2020, sinalizando o início da construção do Templo de Cobán Guatemala. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Sua oração certamente ofereceu conforto para muitos em um momento difícil, definido pelo desastre e uma pandemia.

“Conceda a todos os Teus Santos, oramos querido Pai, um amor extraordinário e esperança iluminada em Teu santuário como um poderoso refúgio contra a tempestade”, orou. 

Próximo ao final da oração dedicatória, Élder Taylor mencionou todos aqueles que um dia virão a adorar no templo de Cobán para santificarem suas próprias vidas ao Senhor: “Que aceites a nossa oferta e que Tua graça e presença sempre habitem aqui e em nossas vidas, é nossa humilde oração e súplica sincera.”

O Templo de Cobán Guatemala será construído em um terreno de 2,2 hectares, adjacente à 4a. Avenida 4-48 Zona 8, Bairro Bella Vista, em Cobán, Guatemala. Os planos mostram um templo de um andar com aproximadamente 817,5 metros quadrados. De acordo com a Sala de Imprensa, uma capela e um alojamento para os procuradores do templo também serão construídos no local.

Presidente Russell M. Nelson anunciou planos para construir um templo em Cobán há apenas um ano, no final da Conferência Geral de Outubro de 2019.

Uma ilustração do Templo de Cobán Guatemala.
Uma ilustração do Templo de Cobán Guatemala. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

A notícia desencadeou lágrimas e celebrações por todo o centro da Guatemala. Viajar para o templo na Cidade de Guatemala é difícil para muitos santos dos últimos dias na região de Cobán. Vidas serão abençoadas porque muitos membros fiéis poderão um dia visitar o templo com frequência, disse o presidente Duglas Coy Duerig, da Estaca Guatemala Cobán.

“Saber que teremos o privilégio de ter um templo em nossa cidade é tão especial”, disse ele ao Church News. “Tenho tantas emoções agora — é difícil colocá-las em palavras.”

A participação no evento de abertura de terra do sábado foi baixa, devido às restrições locais de COVID-19. Élder Taylor, sua esposa, a irmã Jill Taylor, e alguns membros locais foram acompanhados pela representante da cidade de Cobán, Ariel Hasses, e o Monsenhor católico Rodolfo Valenzuela Nuñez, bispo da Diocese de Verapaz.

Julio Ovalle, um membro “pioneiro” da Igreja em Cobán, testificou sobre o poder do Livro de Mórmon e dos templos em sua vida. 

“Tenho visto muitas promessas e milagres se cumprirem de muitas maneiras e em muitos momentos”, disse. “Tenho sentido o abraço de Deus e Seu consolo em momentos de provações e satisfação.”

Lucy Margarita Poóu Chiquín fala sobre sua gratidão pelos templos durante a cerimônia de abertura de terra, no dia 14 de novembro de 2020, do Templo de Cobán Guatemala.
Lucy Margarita Poóu Chiquín fala sobre sua gratidão pelos templos durante a cerimônia de abertura de terra, no dia 14 de novembro de 2020, do Templo de Cobán Guatemala. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Uma jovem discursante, Lucy Margarita Poóu Chiquín, falou sobre os sentimentos poderosos que teve enquanto visitava o terreno do Templo da Cidade da Guatemala Guatemala, quando era menina. Ela expressou sua gratidão pelo templo que agora será construído em Cobán.

“É maravilhoso saber que teremos um lugar sagrado onde famílias poderão fazer convênios sagrados com o Senhor”, disse.

Após a conclusão da construção do templo de Cobán e antes de sua dedicação, uma visitação pública será agendada. Detalhes para a casa aberta e a dedicação do templo serão anunciados em uma data futura. 

É um momento intenso para a construção do templo na Guatemala — nação de quase 300.000 santos dos últimos dias. No mês passado, o Presidente Nelson anunciou um quarto templo que será construído na Guatemala em uma região metropolitana da Cidade da Guatemala.

Dois templos estão atualmente em funcionamento, um na Cidade da Guatemala e outro em Quetzaltenango.