Como o número de templos cresceu apesar da pandemia que limitou seu trabalho de construção dentro e fora

Quando o Templo Winnipeg Manitoba for dedicado no dia 31 de outubro, 623 dias terão se passado desde a mais recente dedicação de um templo, o período mais longo entre dedicações de templos para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em mais de 25 anos.

A contínua pandemia de COVID-19 resultou, não apenas na ausência de dedicações, rededicações e visitações públicas que acompanham estes eventos, mas também no fechamento de todos os templos em funcionamento no mundo todo no ano passado e em sua reabertura gradual e cautelosa desde então.

Mas isso não quer dizer que o crescimento do número de templos tenha estagnado durante este período.

Templo de Winnipeg Manitoba ao entardecer.
Templo de Winnipeg Manitoba ao entardecer. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Pelo contrário.

Embora a participação do público nos eventos para templos e na adoração no templo tenha sido afetada pela pandemia, o total de templos da Igreja até o final de outubro de 2021 deve ser levado em consideração:

  • Pelo menos 36 novos locais para templos — com mais por vir — terão sido anunciados.
  • A abertura de terra terá sido realizada para quase o mesmo número de novos templos.
  • As renovações de dois templos terão sido iniciadas.
  • Visitações públicas e dedicações ou rededicações terão sido agendadas para quatro templos, com duas visitações públicas encerradas e uma terceira em andamento.

E muitas outras dedicações e rededicações de templos serão provavelmente anunciadas em breve, dado o número de templos em construção ou renovação.

A ênfase sobre os templos não se limita apenas à obra de construção dos edifícios sagrados, mas ao trabalho que é realizado em seu interior, com as ordenanças para vivos e mortos. E Presidente Russell M. Nelson ressaltou os convênios que fazemos nos templos, assim como nossa dignidade para entrarmos e retornarmos ao templo em suas mensagens durante a conferência geral de outubro de 2021.

Quando a grande renovação de quatro anos do Templo de Salt Lake estiver concluída, não haverá lugar mais seguro durante um terremoto no Vale do Lago Salgado do que dentro desse templo, disse Presidente Nelson durante a sessão da manhã de domingo. 

Presidente Russell M. Nelson inspecionando as renovações do Templo de Salt Lake.
Presidente Russell M. Nelson inspecionando as renovações do Templo de Salt Lake. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

“Da mesma forma, sempre que qualquer tipo de perturbação ocorrer em nossa vida, o lugar mais seguro para estarmos espiritualmente é dentro de nossos convênios do templo”, enfatizou o Profeta. 

“Acreditem quando digo que, quando seu alicerce espiritual for edificado solidamente sobre Jesus Cristo, vocês não precisarão temer. “À medida que formos fiéis a nossos convênios feitos no templo, seremos fortalecidos por Seu poder. Então, quando os terremotos espirituais ocorrerem, seremos capazes de permanecermos fortes porque nosso alicerce espiritual é sólido e imóvel.”

Agora é o momento de implementarmos medidas extraordinárias — talvez medidas nunca antes tomadas — para fortalecermos alicerces espirituais pessoais, disse Presidente Nelson. 

Assista ao vídeo de Presidente Nelson inspecionando o Templo de Salt Lake

“Meus queridos irmãos e irmãs, estes são os últimos dias. Se desejamos suportar os perigos e as pressões que estão por vir, é imperativo que tenhamos um alicerce espiritual firme, edificado sobre a rocha de nosso Redentor, Jesus Cristo.

“Então, pergunto a cada um de vocês: ‘Quão firme é o seu alicerce? E que reforços são necessários para seu testemunho e para sua compreensão do evangelho?’”

Em um vídeo do Church News lançado no domingo, dia 21 de fevereiro de 2021, Élder David A. Bednar fala sobre templos durante a pandemia de COVID-19.
Em um vídeo do Church News lançado no domingo, dia 21 de fevereiro de 2021, Élder David A. Bednar fala sobre templos durante a pandemia de COVID-19. Credit: Captura de tela do YouTube

‘Uma oportunidade para aprendermos lições notáveis’

Os líderes da Igreja ensinam há muito tempo que as ordenanças e a adoração que acontecem dentro de um templo são muito mais importantes do que aparências exteriores, móveis e acabamentos interiores.

O mesmo vale para os templos durante a pandemia — a maior preocupação tem sido as limitações ao trabalho dentro dos templos e não à obra de construção dos templos.

Ciente de que a adoração e o trabalho normal no templo foram interrompidos — ou pelo menos limitados —  para a maioria dos santos dos últimos dias, Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse que a pandemia proporcionou “uma oportunidade de aprendermos lições notáveis”.

Em uma entrevista em fevereiro de 2021, ele acrescentou: “Acho que fomos compelidos a refletir, lembrar e valorizar os convênios e ordenanças do templo de maneiras que talvez não valorizássemos de outra forma.”

Élder Bednar reconheceu que os santos dos últimos dias tentaram se lembrar de seus convênios do templo e se prepararam para a adoração no futuro, realizando mais trabalho de história da família e preparando nomes para as ordenanças do templo.

“É claro que houve algumas interrupções nas construções por causa da pandemia, mas relativamente, poucos dos templos estão atrasados. Acho isso milagroso. Em todo o mundo, a construção de templos prosseguiu de maneira notável.

“Portanto, sim, tem havido alguns desafios reais”, concluiu Élder Bednar, “mas ‘nenhuma mão profana pode impedir o progresso deste trabalho.’”

Guias dos tours participam de uma reunião ao se prepararem para a visitação pública no Templo de Pocatello Idaho na segunda-feira, dia 13 de setembro de 2021.
Guias dos tours participam de uma reunião ao se prepararem para a visitação pública no Templo de Pocatello Idaho na segunda-feira, dia 13 de setembro de 2021. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Total de templos hoje

A contar do dia 10 de outubro, a Igreja tem um total de 265 templos —  dedicados, em funcionamento, em construção, em reforma ou anunciados.

Esse total de 265 templos inclui:

  • 168 templos dedicados, com nove passando por grandes renovações (o Templo Manti Utah fechou no dia 1º de outubro para renovações).
  • 44 templos em construção, com vários que já foram concluídos e estão agendados para dedicação ou aguardam o anúncio de uma data.
  • 53 templos anunciados, com a abertura de terra agendada para dois templos e 15 locais específicos divulgados.

Além disso, em relação à reabertura gradual dos templos após fechamentos causados pelas condições e medidas de proteção contra a COVID-19, a Igreja tem, a partir do dia 10 de outubro:

  • 146 templos operando na Fase 3, oferecendo todas as ordenanças próprias e vicárias.
  • 4 templos operando na Fase 2-B, oferecendo todas as ordenanças próprias e batismos vicários.
  • 3 templos operando na Fase 2, oferecendo todas as ordenanças próprias.
  • 3 templos operando na Fase 1, oferecendo selamentos próprios de marido e mulher.
  • 3 templos com operações “pausadas” devido a restrições locais relacionadas ao coronavírus — dois na Fase 3 e um na Fase 2.
  • 7 distritos dos oito templos fechados para reformas designados à Fase 3, permitindo que membros desses distritos participem de ordenanças em templos próximos.
O Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a irmã Melanie Rasband e outras pessoas posam para uma fotografia entre as sessões dedicatórias do Templo de Durban África do Sul em Umhlanga, África do Sul, no domingo, 16 de fevereiro de 2020. Da esquerda para a direita: Élder Kevin R. Duncan, irmã Gladys Sitati, Élder Joseph W. Sitati, Élder S. Mark Palmer, irmã Jacqueline Palmer, irmã Melanie Rasband, Élder Ronald A. Rasband, élder Carl B. Cook, irmã Lynette Cook, Élder Joni L. Koch e irmã Michelle Koch.
O Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a irmã Melanie Rasband e outras pessoas posam para uma fotografia entre as sessões dedicatórias do Templo de Durban África do Sul em Umhlanga, África do Sul, no domingo, 16 de fevereiro de 2020. Da esquerda para a direita: Élder Kevin R. Duncan, irmã Gladys Sitati, Élder Joseph W. Sitati, Élder S. Mark Palmer, irmã Jacqueline Palmer, irmã Melanie Rasband, Élder Ronald A. Rasband, élder Carl B. Cook, irmã Lynette Cook, Élder Joni L. Koch e irmã Michelle Koch. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Desde a última dedicação de um templo

Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, dedicou o Templo de Durban na África do Sul, no dia 16 de fevereiro de 2020; o edifício se tornou o 168º templo da Igreja em funcionamento. Poucas semanas depois disso, as condições favoráveis à disseminação da COVID-19 e as restrições resultantes fizeram com que a Primeira Presidência tomasse a decisão de fechar todos os templos e centros de treinamento missionário, além de suspender reuniões locais da igreja e outras atividades.

A dedicação do Templo de Winnipeg por Éder Gerrit W. Gong está agendada para o dia 31 de outubro de 2021. Este será o 169º templo da Igreja em funcionamento. Isto significa um período de um ano, oito meses e 15 dias entre as duas datas, representando o maior período sem dedicações de templos para a Igreja em quase três décadas.

No dia 25 de abril de 1993, o Templo St. Louis Missouri — o 45º templo em funcionamento da Igreja na época — foi dedicado. Esse evento foi realizado 974 dias — ou dois anos e oito meses — após a dedicação do Templo de Toronto Ontário, no dia 25 de agosto de 1990, o 44º templo da Igreja.

As listas abaixo destacam o crescimento do número de templos nos 623 dias entre a dedicação dos templos de Durban e Winnipeg.

Sabrina e Bryce Taylor chegam ao Templo de Draper Utah usando máscaras, em 21 de setembro de 2021.
Sabrina e Bryce Taylor chegam ao Templo de Draper Utah usando máscaras, em 21 de setembro de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Fechamento de templos devido à pandemia

Datas importantes do fechamento de templos relacionados à pandemia e reabertura gradual:

Ephraim, Utah, é fotografado no sábado, 1º de maio de 2021. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou que construirá um novo templo na cidade.
Ephraim, Utah, é fotografado no sábado, 1º de maio de 2021. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou que construirá um novo templo na cidade. Credit: Spenser Heaps, Deseret News

Anúncios de novos templos

Nos 623 dias entre a dedicação dos templos de Durban e Winnipeg, Presidente Nelson anunciou 48 novos locais para templos.

Nas quatro conferências gerais durante o período do início da pandemia até agora, o Presidente da Igreja identificou locais para 47 templos. Ele também anunciou um local adicional para um templo fora da conferência — para a cidade de Ephraim, Utah — em maio de 2021.

Os oito locais para templos anunciados durante a conferência geral de abril de 2020, com atualização de status, são:

  • Bahía Blanca, Argentina.
  • Templo de Tallahassee Flórida — local e ilustração divulgados; em construção.
  • Lubumbashi, República Democrática do Congo.
  • Templo de Pittsburgh Pensilvânia — local e ilustração divulgados; em construção.
  • Cidade de Benin, Nigéria.
  • Templo de Tallahassee Flórida — local e ilustração divulgados; em construção.
  • Dubai, Emirados Árabes Unidos.
  • Xangai, República Popular da China.

Os seis locais anunciados durante a conferência geral de outubro de 2020 são:

Ilustração do exterior do Templo de Tarawa Kiribati, publicada no dia 19 de maio de 2021.
Ilustração do exterior do Templo de Tarawa Kiribati, publicada no dia 19 de maio de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
  • Templo de Tarawa Kiribati — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Port Vila Vanuatu — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Lindon Utah — local e ilustração divulgados.
  • Templo da Grande Cidade da Guatemala Guatemala — local e ilustração divulgados.
  • São Paulo Leste, Brasil.
  • Santa Cruz, Bolívia.

Os 20 locais de templos anunciados — o maior número de uma só vez — durante a conferência geral de abril de 2021 são:

Ilustração do exterior do Templo de Belo Horizonte Brasil.
Ilustração do exterior do Templo de Belo Horizonte Brasil. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
  • Oslo, Noruega.
  • Bruxelas, Bélgica.
  • Viena, Áustria.
  • Kumasi, Gana.
  • Beira, Moçambique.
  • Cidade do Cabo, África do Sul.
  • Singapura, República de Singapura
  • Templo de Belo Horizonte Brasil — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Cali Colômbia — local e ilustração divulgados.
  • Querétaro, México.
  • Templo de Torreón México — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Helena Montana — local e ilustração divulgados; em construção.
  • Templo de Casper Wyoming — local e ilustração divulgados; abertura de terra no dia 9 de outubro.
  • Templo de Grand Junction Colorado — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Farmington Novo México — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Lindon Utah — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Willamette Valley Oregon — novo nome para o templo em Eugene, Oregon; local e ilustração divulgados.
  • Templo de Elko Nevada — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Yorba Linda Califórnia — local e ilustração divulgados.
  • Templo de Smithfield Utah — local divulgado.

Os 13 locais de templos anunciados na conferência geral de outubro de 2021 são:

Uma foto aérea de La Paz, Bolívia, em 21 de outubro de 2018.
Uma foto aérea de La Paz, Bolívia, em 21 de outubro de 2018. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News
  • Kaohsiung Taiwan
  • Cidade de Tacloban Filipinas
  • Monrovia Libéria
  • Kananga República Democrática do Congo
  • Antananarivo Madagascar
  • Culiacán México
  • Vitória Brasil
  • La Paz Bolívia
  • Santiago Oeste Chile
  • Fort Worth Texas
  • Cody Wyoming
  • Rexburg Norte Idaho
  • Heber Valley Utah

Como as aberturas de terra têm progredido

Com a construção classificada como “profissão e serviço essenciais”, a construção de templos continuou durante a pandemia — para os que já estavam sendo construídos, os que estavam sendo reformados e os que tiveram o processo de construção iniciado.

Isso inclui 32 aberturas de terra para templos em 10 estados e 14 países entre as dedicações de Durban e Winnipeg. E 21 delas foram realizadas no ano de 2020.

Eventos tradicionais de grande escala e cerimônias abertura de terra se adaptaram às restrições da pandemia, se tornando eventos presenciais somente para convidados, e sendo transmitidos para as regiões dos distritos dos templos. Atualmente, o número de convidados para estes eventos passou de apenas algumas pessoas para 150 a 200, conforme permitido pelas diretrizes locais.

Em quatro ocasiões, a abertura de terra foi realizada para dois templos diferentes no mesmo dia — às vezes a meio mundo de distância, das Filipinas à Guatemala, e de Tonga ao Quênia.

Élder Joseph Sitati e irmã Gladys Sitati com uma ilustração do Templo de Nairóbi Quênia, durante a cerimônia de abertura de terra em 11 de setembro de 2021.
Élder Joseph Sitati e irmã Gladys Sitati com uma ilustração do Templo de Nairóbi Quênia, durante a cerimônia de abertura de terra em 11 de setembro de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

E dadas as várias restrições de viagem durante a pandemia, as aberturas de terra foram presididas, não apenas por autoridades gerais da Igreja, mas também por Setentas de Área e presidentes das missões locais. No caso da abertura de terra do Templo de Bentonville Arkansas, o evento foi presidido remotamente por Élder Bednar via transmissão ao vivo.

As 32 aberturas de terra de abril de 2020 até o final de outubro de 2021 estão listadas em ordem cronológica:

  • Templo de Richmond Virgínia, dia 11 de abril de 2020.
  • Templo de Layton Utah, dia 23 de maio de 2020.
  • Templo de Alabang Filipinas, dia 4 de junho de 2020.
  • Templo de Auckland Nova Zelândia, dia 13 de junho de 2020.
  • Templo de Feather River Califórnia, dia 18 de julho de 2020.
  • Templo de Orem Utah, dia 5 de setembro de 2020.
  • Templo de San Pedro Sula Honduras, dia 5 de setembro de 2020.
Ilustração do exterior do Templo de Brasília Brasil.
Ilustração do exterior do Templo de Brasília Brasil. Credit: Intellectual Reserve, Inc.
  • Templo de Brasília Brasil, dia 26 de setembro de 2020.
  • Templo de Moses Lake Washington, dia 10 de outubro de 2020.
  • Templo de Taylorsville Utah, dia 31 de outubro de 2020.
  • Templo de Salta Argentina, dia 4 de novembro de 2020.
  • Templo de Bentonville Arkansas, dia 7 de novembro de 2020.
  • Templo de Red Cliffs Utah, dia 7 de novembro de 2020.
  • Templo de Davao Filipinas, dia 14 de novembro de 2020.
  • Templo de Cobán Guatemala, dia 14 de novembro de 2020.
  • Templo de McAllen Texas, dia 21 de novembro de 2020.
  • Templo de Antofagasta Chile, dia 27 de novembro de 2020.
Ilustração do Templo de Bangalore Índia.
Ilustração do Templo de Bangalore Índia. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
  • Templo de Bangalore Índia, dia 2 de dezembro de 2020.
  • Templo de Okinawa Japão, dia 5 de dezembro de 2020.
  • Templo de Harare Zimbábue, dia 12 de dezembro de 2020.
  • Templo de Mendoza Argentina, dia 17 de dezembro de 2020.
  • Templo de Deseret Peak Utah, dia 14 de maio de 2021.
  • Templo de Tallahassee Flórida, dia 5 de junho de 2021.
  • Templo de Syracuse Utah, dia 12 de junho de 2021.
  • Templo de Helena Montana, dia 26 de junho de 2021.
  • Templo de Salvador Brasil, dia 7 de agosto de 2021.
  • Templo de Pittsburgh Pensilvânia, dia 21 de agosto de 2021.
  • Templo de Neiafu Tonga, dia 11 de setembro de 2021.
  • Templo de Nairobi Quênia, dia 11 de setembro de 2021.
  • Templo de Templo de Phnom Penh Camboja, dia 18 de setembro de 2021.
  • Templo de Casper Wyoming, dia 9 de outubro de 2021.
  • Templo de Pago Pago Samoa Americana, dia 31 de outubro de 2021.

Outros templos em construção

Além dos templos de Winnipeg Manitoba e Pocatello Idaho, e dos 32 mencionados acima com aberturas de terra que foram realizadas ou estão agendadas até o final de outubro, 11 novos templos são considerados “em construção”.

Entre esses 11 templos se encontra o Templo do Rio de Janeiro Brasil, que teve sua visitação pública e dedicação marcada para o dia 17 de maio de 2020 adiadas por causa da pandemia. O templo concluído aguarda o reagendamento do evento, quando grandes reuniões públicas forem consideradas seguras na região.

Ilustração do Templo de Belém Brasil.
Ilustração do Templo de Belém Brasil. Credit: A Igreja e Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Outros templos que tiveram sua construção iniciada antes de março de 2020 são:

  • Templo de Abidjan Costa do Marfim
  • Templo de Urdaneta Filipinas
  • Templo de Bangkok Tailândia
  • Templo de Yigo Guam
  • Templo de San Juan Porto Rico
  • Templo de Quito Equador
  • Templo de Los Olivos Lima Peru
  • Templo de Belém Brasil
  • Templo de Saratoga Springs Utah
  • Templo de Puebla México
Vista ao sul do Templo de St. George Utah de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na sexta-feira, dia 6 de novembro de 2020, em St. George. Espera-se que a renovação do templo seja concluída em 2022.
Vista ao sul do Templo de St. George Utah de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na sexta-feira, dia 6 de novembro de 2020, em St. George. Espera-se que a renovação do templo seja concluída em 2022. Credit: Nick Adams, Deseret News

Reformas, dedicações e rededicações

Com a aproximação do final do segundo ano da pandemia, a Igreja tem quatro templos com visitações públicas, dedicações ou rededicações agendadas — os templos de Winnipeg Manitoba e Pocatello Idaho, que serão dedicados como novos edifícios sagrados, e os templos de Mesa Arizona e Washington D.C., que serão rededicados após longos fechamentos para renovações.

No início de 2020, sete templos já haviam sido fechados para renovação — os templos de Mesa e Washington, juntamente com os templos de Salt Lake, St. George Utah, Hamilton Nova Zelândia, Tóquio Japão e Hong Kong China.

Um oitavo templo — o Templo de Columbus Ohio — foi adicionado a este grupo no dia 15 de agosto de 2020. Ainda em funcionamento quando todos os templos foram fechados em março de 2020, o templo havia sido reaberto com operações limitadas antes de ser fechado para renovações.

O Templo de Manti Utah fechou no dia 1º de outubro, sendo o terceiro templo da era pioneira a passar por modernizações significativas e o nono “em renovação”.

Templo de Provo Utah.
Templo de Provo Utah. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Quando Presidente Nelson identificou 13 novos locais para templos durante a conferência geral de outubro de 2021, ele também anunciou o fechamento e a reconstrução do Templo de Provo Utah, após o Templo de Orem Utah ser dedicado. A construção do templo de Orem começou em setembro de 2020, e nenhuma data para a conclusão ou dedicação foi agendada ainda.

Originalmente, a Igreja tinha agendado visitações públicas, dedicações e rededicações para três templos concluídos em 2020 — os templos de Winnipeg, Washington e Rio de Janeiro Brasil — que tiveram que ser adiadas devido à pandemia.

A dedicação do Templo de Winnipeg que será realizada no domingo, dia 31 de outubro de 2021, acontecerá apenas uma semana antes do aniversário de um ano do adiamento da dedicação originalmente agendada para o domingo, dia 8 de novembro de 2020. Obviamente, este é um dos dois templos que encerrarão suas visitações públicas antes do próximo templo da Igreja ser dedicado.

O outro é o Templo de Pocatello, que foi concluído no início deste ano e já iniciou seu período de visitação pública. A visitação pública será encerrada no dia 23 de outubro — no mesmo dia em que se encerra a visitação pública para o Templo de Winnipeg. Entretanto, o Templo de Pocatello será dedicado uma semana mais tarde, no dia 7 de novembro, pelo Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos.

Com datas originalmente agendadas para 2020, o Templo de Washington D.C., teve sua visitação pública e rededicação remarcadas para 2022 — a visitação pública será realizada do final de abril até o início de junho, com a rededicação agendada para o dia 19 de junho.

O Templo Mesa Arizona completou sua renovação e será rededicado pelo Presidente Dallin H. Oaks, da Primeira Presidência, no dia 12 de dezembro de 2021. A visitação pública para o templo começa no sábado, dia 16 de outubro, e vai até meados de novembro.

Vista do recentemente renovado Templo de Mesa Arizona e do terreno do templo em Mesa, Arizona, em abril de 2021.
Vista do recentemente renovado Templo de Mesa Arizona e do terreno do templo em Mesa, Arizona, em abril de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias